Início Pindamonhangaba Assembleia na Gerdau aprova 10,5% de reajuste salarial

Assembleia na Gerdau aprova 10,5% de reajuste salarial

Foto: Guilherme Moura/Divulgação

Apenas o reajuste negociado pelo sindicato, com aumento real, vai injetar R$ 5 milhões a mais na economia antes do Natal

Os trabalhadores do turno da manhã na fábrica Gerdau de Pindamonhangaba aprovaram em assembleia nesta terça-feira, dia 26, a proposta da Campanha Salarial 2021. A assembleia já representa a maioria, mas a proposta ainda será votada nos demais turnos.

Publicidade

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a proposta contém o reajuste de 10,5%, que contempla aumento real de salário, sendo que a inflação dos últimos 12 meses medida pelo INPC ficou em 10,42%.

Um mês atrás, os trabalhadores fizeram uma paralisação para pressionar a empresa a avançar na negociação. O protesto ocorreu nos três turnos e contou com adesão total dos trabalhadores.

De acordo com o presidente André Oliveira, com índice alto de inflação, a aplicação do reajuste, sozinha, já deve gerar um grande valor de pagamento antes do Natal, em função do retroativo à data-base, dia 1º de setembro.

A aplicação do reajuste já será feita no vale, dia 15 de novembro, na primeira parcela do 13º salário, dia 20, e no dia 30 de novembro será pago o reajuste referente a todo o retroativo, dos meses de setembro, outubro e novembro. Como a média de salário da fábrica é de R$ 4.000, só no dia 30 deve ser pago cerca de R$ 1.200 a mais no salário dos trabalhadores.

Apenas o reajuste negociado pelo sindicato vai injetar na economia cerca de R$ 5 milhões a mais nos salários antes do Natal.

“A gente sempre busca uma proposta coerente com a realidade da empresa, que produziu muito bem ao longo do ano. Essa campanha salarial tem sido difícil. O patronal da Gerdau inclusive demorou pra aceitar pagar a inflação, queria pagar só 4%, e na nossa negociação a gente conseguiu chegar até no aumento real. Isso é resultado da persistência do sindicato e, principalmente, da organização dos trabalhadores”, disse.

A Gerdau de Pindamonhangaba emprega cerca de 2.400 trabalhadores na produção de laminados de aço.