Início Pindamonhangaba Em Pinda, Sábado da Saúde proporciona vacinação, exames de eletro e de...

Em Pinda, Sábado da Saúde proporciona vacinação, exames de eletro e de preventivo à população

Foto: Divulgação/PMP

A Prefeitura de Pindamonhangaba promoveu o Sábado da Saúde dia 16 – reunindo diversas ações da Saúde em vários pontos da cidade. Nas unidades do ESF Castolira, PSF Bem Viver, CIAF (sala de vacinas), PSF Feital e UBS Ipê 2 cerca de 300 crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anos receberam diversas vacinas.

Publicidade

Os imunizantes oferecidos foram para combater hepatite A, hepatite B, poliomielite, rotavírus humano, pentavalente, difteria/tétano/pertussis (dtp), pneumo 10 valente, meningo c, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela e HPV, protegendo contra doenças e melhorando a cobertura de vacinas que têm oscilado nos últimos anos em todo o país.

Foto: Divulgação/PMP

“O volume de vacinados foi muito bom e isso nos deixa seguros porque as crianças e adolescentes puderam colocar a caderneta de vacinação em dia – gerando proteção para elas mesmas e para toda a sociedade”, avaliou a secretária de Saúde, Ana Claudia Macedo.

Além da multivacinação, o Sábado da Saúde também contou com aplicação de vacinas contra Covid-19 em 179 pessoas com mais de 18 anos e que ainda não tinham se vacinado.

O Sábado da Saúde também teve ações do Outubro Rosa, com exames preventivos de livre demanda no Ônibus da Saúde, na Praça Monsenhor Marcondes, e no PSF Feital. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram realizados 42 exames de livre demanda.

Na praça, além dos exames, a ação que faz parte da Campanha Outubro Rosa contou com orientações sobre o câncer de mama e câncer de ovário, aferição da pressão arterial, circunferência abdominal, acompanhamento nutricional, dentre outros em parceria com o Colégio Tableau.

Foto: Divulgação/PMP

Houve também cortes de cabelo, designer de sobrancelhas, massagem e maquiagem para mulheres, em parceria com Instituto Embeleze e profissionais Laíse Coelho e Emiliana da Marykey, além de orientação jurídica sobre ‘Direitos das Mulheres’, com membros da OAB, CEPAN, CMDM, COMAD, Delegacia da Mulher e ações educativas com equipe do IA3, Fasc e Gerdau.

O evento também oportunizou exames de eletrocardiograma atendendo a 64 pessoas que aguardavam na fila do SisReg. Os exames foram realizados em quatro pontos: CIAF, Cisas Moreira César, UBS Ipê 2 e UBS Bem Viver.

A diretora de Atenção Básica à Saúde, Luciana dos Santos Cruz, destacou a importância do exame para avaliação do coração. Ela também cobrou mais apoio e atenção da população. “Eram exames para pacientes que aguardavam na fila de espera. Montamos uma estrutura para atender 250 pessoas e fizemos contato com todos. Porém, apenas 64 compareceram no dia. Isso dificulta muito nosso trabalho e tira a vaga de outras pessoas. A população precisa saber do nosso esforço em realizar eventos para atendimento e andamento da fila, mas tivemos baixa adesão. Foram 186 pessoas que fizemos contato e confirmaram a presença, mas no dia não apareceram. Isso gera um enorme prejuízo ao serviço público de saúde e atrasa o atendimento de outras pessoas. Lamento muito por isso”, ressaltou.

A secretária de Saúde, Ana Claudia Macedo, considerou o evento muito bom, exceto pelas faltas. “Espero que em próximas ações como essas, tenhamos uma adesão maior, principalmente das pessoas que confirmaram presença. A Saúde vai continuar se mobilizando para realizar os atendimentos necessários, mas precisamos da compreensão e colaboração de todos. Muitas vezes não conseguimos atender a todos na velocidade ideal, no tempo que nos cobram e é correto porque temos pessoas que faltam e acabam tirando a vaga de outros, prejudicando o sistema público”, afirmou.