Início São José dos Campos Calendário de vacinação avança na 2ª dose em São José dos Campos...

Calendário de vacinação avança na 2ª dose em São José dos Campos nesta quinta

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nesta quinta-feira (30), o calendário da vacinação de São José dos Campos segue com mudanças para a 2ª dose. 

Publicidade

Quem tomou Pfizer até 5 de agosto, Coronavac até 13 de junho, AstraZeneca até 23 de junho (2ª dose com Pfizer) e AstraZeneca de 24 de junho a 7 de julho pode completar a imunização das 8h às 17h nas Casas do Idoso e UBS’s Resolve (exceto a do Jardim das Indústrias) e das 8h às 21h no Colégio Tableau.  

Para quem tomou AstraZeneca no dia 8 de julho, a vacinação vai ser feita a partir das 12h, quando todos os postos estarão abastecidos com a nova remessa do imunizante, a ser enviada pelo Estado nesta quinta. Está confirmado o envio de 62% do total de doses necessárias.

1ª dose

Podem se vacinar nesses mesmo locais com a 1ª dose adolescentes sem comorbidades de 12 a 17 anos (Pfizer) e adultos sem comorbidades de 18 anos ou mais (com Coronavac).

Pessoas com comorbidades de 12 anos ou mais, com deficiências, gestantes e puérperas até 45 dias tomam a 1ª dose apenas nas UBS’s Resolve (exceto a do Jardim das Indústrias) das 8h às 17h.

3ª dose

A 3ª dose também está mantida para pessoas com 65 anos ou mais nas Casas do Idoso e UBS’s Resolve (exceto o Jardim das Indústrias) das 8h às 17h e no Colégio Tableau das 8h às 21h.

É preciso respeitar o intervalo de seis meses da 2ª dosse, independente do tipo de vacina que os idosos tenham tomado anteriormente.

Pessoas com 18 anos ou mais com alto grau de imunossupressão e que tomaram a 2ª dose há mais de 28 dias devem se vacinar com a dose de reforço apenas nas UBS’s Resolve, das 8h às 17h

1 milhão de doses

Até as 16h desta quarta-feira (29), a Prefeitura de São José dos Campos já havia aplicado 1.002.447 de vacinas contra a covid. A porcentagem de vacinados com a 1ª dose em relação ao público apto a se imunizar está acima de 94% e acima de 70% para a 2ª dose. 

Esta quarta-feira foi de comemoração para Maria Cleire Pelegrine de Almeida, de 78 anos, que estava contando os dias para completar o intervalo de seis meses após tomar a 2ª dose, o que aconteceu no dia anterior.

“Estou feliz. Alguns parentes que moram em São Paulo tiveram covid, mas eu  fiquei segura aqui. Fiz o isolamento certinho, em casa, e já vim tomar meu reforço”, disse.

José Roman, também de 78 anos, comemorou a 3ª dose. “Temos que acreditar na vacina e continuar se cuidando”, afirmou.