Início São José dos Campos São José dos Campos tem números recordes de novos empreendimentos

São José dos Campos tem números recordes de novos empreendimentos

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos tem registrado números recordes de novos empreendimentos nos últimos meses. Os dados são o sinal concreto que a economia da cidade vai se recuperar da pandemia em prazo menor que o previsto e que as mudanças no Plano Diretor e na Lei de Zoneamento têm papel importante nesse crescimento.

Publicidade

A Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade prevê encerrar o ano com a aprovação de 4 novos loteamentos. No total, 66 processos de loteamentos estão sob os cuidados da Divisão de Parcelamento do Solo, um volume sem precedentes na secretaria.

O número de processos aprovados (alvará de construção, legalização de empreendimentos, certidões diversas, entre outros pedidos) chegou a 365 em julho deste ano contra 259 registrados em julho de 2020.

O total de processos protocolados em julho de 2020 subiu de 401 para 512 em julho deste ano.

Atração

Segundo a Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade, o volume de projetos mostra que São José dos Campos está cada vez mais atrativa para investidores, mantendo excelentes índices de qualidade de vida, principalmente em segurança, saúde, educação e meio ambiente.  

Esse boom de projetos protocolados e aprovados foi alavancado pelas mudanças no Plano Diretor (2018) e na Lei de Zoneamento (2019) –amplamente aprovadas pela população– que prepararam a cidade para crescer mais moderna na prestação de serviços e mais inclusiva.

Centralidades

O Plano Diretor apontou a consolidação das centralidades estimulando os novos bairros a serem cada vez mais independentes da região central em serviços, comércio e geração de renda. Com isso é possível reduzir o volume de deslocamentos da região sul e da leste em direção ao centro.

A Prefeitura também oferece descontos para empreendedores que investirem nessas centralidades e que adotarem conceitos de sustentabilidade na construção, com menos impacto ambiental, menor geração de resíduos e mais geração de empregos.  

A consolidação do home office pelas empresas foi outro fator que contribuiu para o aumento de novos empreendimentos em São José. Sem precisar morar perto do trabalho, a busca por qualidade de vida tem beneficiado cidades com boa infraestrutura num raio de 100 quilômetros da capital, como São José dos Campos.