Início São José dos Campos São José dos Campos conta com nova opção de lazer para a...

São José dos Campos conta com nova opção de lazer para a região sudeste

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A comunidade da região sudeste de São José dos Campos conta com um novo equipamento de lazer. Com 330 mil metros quadrados e uma natureza exuberante, o parque Takeo Kacuta também oferece equipamentos urbanos de esporte, lazer e contemplação.

Publicidade

Tudo isso se soma às 13 mil mudas de arvores nativas do bioma Cerrado, que passam a proteger as nascentes que formam o lago do Santa Júlia.

O parque será implantado em quatro fases. Nessa primeira, o objetivo é promover a conexão entre a população e os atributos naturais do entorno, com muito lazer para toda a família.

Nessa primeira etapa, o parque conta com a urbanização de um trecho de 7.469,37 metros quadrados, onde foi construído um mirante de 140 metros quadrados, executado em madeira ecológica. Quem visita o local tem à disposição playground, passeios, acessos e duas novidades: rampa de escalada e grandes tobogãs para crianças, aproveitando a declividade do terreno. Também foram executados paisagismo, iluminação da área e a construção de uma ciclovia.

Todas as pessoas que visitarem o parque devem seguir o protocolo sanitário de combate ao coronavírus. Adultos e crianças com mais de 2 anos devem usar máscaras, assim como as pessoas que estiverem caminhando ou se exercitando ao ar livre. Todas as famílias devem cumprir o distanciamento uma das outras.

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Parque Linear

Parques lineares, ou fluviais, são intervenções urbanísticas construídas ao longo de cursos d’água. Normalmente maiores em seu comprimento do que na sua largura – por acompanhar o trajeto de rios e córregos e estarem associados à rede hídrica – tais espaços são capazes de conectar áreas verdes, proteger e recuperar o ecossistema, controlar enchentes, abrigar práticas de lazer, esporte e cultura, além de contribuir com alternativas não motorizadas de mobilidade urbana.

Preservação Ambiental

A restauração florestal se dará ao longo de 48 meses e promoverá a conectividade com outros fragmentos remanescentes da vegetação de Cerrado e faz parte de uma contrapartida ambiental de TCRAs (Termos de Compromisso de Recuperação Ambiental) firmados pela Prefeitura junto a Cestesb entre 2017 e 2020, a exemplo da compensação ambiental exigida da obra da Linha Verde, cujo plantio de mais de 3.500 já foi realizado.

Plano Diretor

A proposta para implantação do Parque Linear Santa Júlia vem ao encontro dos anseios da comunidade local que apresentou a demanda pelo aumento da oferta de áreas verdes e de lazer públicas durante as audiências públicas de construção do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado do Município – PPDI (Lei Complementar 612/2018).