Início Pindamonhangaba Em Pinda, cemitério de Moreira César entra na fase final da primeira...

Em Pinda, cemitério de Moreira César entra na fase final da primeira etapa

Foto: divulgação/PMP

A construção de um novo Cemitério Municipal prossegue em obras no Distrito de Moreira César. A primeira etapa do projeto entra em fase final e tem previsão de entrega até o final deste ano, com investimento de R$ 1,4 milhão.

Foto: divulgação/PMP

Iniciada em janeiro de 2020, a primeira fase contempla a construção dos velórios, área administrativa, sanitários e fechamento do local com gradil. Ainda neste ano, a Prefeitura irá realizar a licitação da segunda fase da obra que contemplará a execução de 1.792 lóculos com implantação do sistema de filtro anaeróbico inativador de gases, no padrão do cemitério ecológico vertical.

Publicidade
Point com Desconto Especial
Compre sua Point Pro 2. Reposição de Bobina e Frete Grátis

“A área de implantação havia sido desapropriada para esta finalidade e no final de 2019, com a assinatura do contrato, foi possível dar o início a esta importante obra de prestação de serviço e que nossa secretaria vem acompanhando”, afirmou a secretária de Obras e Planejamento, Marcela Franco.

Ao término da segunda fase, o município contará com um espaço de prestação de serviço acolhedor, moderno e organizado para que a população possa utilizar no momento da dor e perda de um ente querido. O novo cemitério está localizado ao final da Avenida Nilceia Aparecida Borges de Freitas, no Laerte Assunção.

“Vamos trabalhar com filtro inativador de gases, em que a decomposição será por sistema anaeróbico, e não haverá formação do necro-chorume na sua intensidade, que causa a contaminação do solo. Além disso, os lóculos são feitos em material pré-moldado e impermeabilizado, diminuindo o período de decomposição, dentro da concepção de cemitério ecológico”, afirmou a secretária.

O único cemitério municipal de Pindamonhangaba, localizado na Av. Vol. Vitoriano Borges, completará 157 anos de existência no próximo mês de outubro e está com sua capacidade de sepulturas exaurida.

O vice-prefeito Ricardo Piorino ressaltou que a construção do cemitério é um serviço de utilidade pública, muito necessário para atender a demanda reprimida pois temos o atual cemitério municipal superlotado. “Minha Secretaria é responsável pela administração de cemitérios e hoje estamos com uma grande limitação de jazigos”, explicou.

O prefeito Isael Domingues afirmou que essa obra é um compromisso que a administração tinha com a população do Distrito, que a aguardava há décadas. “Em nosso governo, Moreira César vem ganhando autonomia com a entrega de equipamentos públicos que melhoram a qualidade de vida da população como UPA, SAMU, Vila dos Afetos, rodoviária, farmácia, fisioterapia, coleta de exames e agora o cemitério”, ressaltou Dr. Isael.