Início Pindamonhangaba Lessa terá projeto social “Gente Miúda” em Pindamonhangaba

Lessa terá projeto social “Gente Miúda” em Pindamonhangaba

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Um imóvel da Prefeitura de Pindamonhangaba que há muitos anos encontrava-se sem ocupação e sofrendo deterioração foi totalmente reformado e agora será sede de um importante projeto social: Gente Miúda, projeto de fralda descartável infantil que será implantado pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS).

Publicidade

Localizado na Av. Geraldo Prates da Fonseca, no residencial Lessa, o imóvel foi totalmente reformado pela Secretaria de Governo e Serviços Públicos que realizou, por meio de seus servidores, os serviços de pintura geral externa e interna, manutenção e limpeza dos telhados com eliminação de goteiras e instalação de novas portas e grades, além da finalização da identidade visual do espaço do salão e da fachada, realizado pelo Departamento de Comunicação.

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

“Com a inutilização do espaço, o imóvel estava abandonado e sofrendo vandalismo. Agradeço aos comerciantes parceiros que ajudaram com doação de material para a reforma e aos nossos funcionários que revitalizaram o espaço que agora será utilizado pelo Fundo Social, dando vida ao imóvel com um projeto de grande relevância”, afirmou o prefeito Dr. Isael Domingues.

Segundo a primeira-dama e presidente do FSS, Claudia Vieira Domingues, o projeto terá início em setembro e visa atender com produção artesanal de fralda infantil as famílias carentes do município. “Estamos realizando um sonho que temos há muitos anos, de ocupar o imóvel com uma função social, que possa trazer dignidade para quem precisa. Toda estrutura e material para confecção das fraldas será custeado pelo Fundo Social. As famílias beneficiadas participarão com a mão de obra. Também estamos abrindo para a participação de voluntários que desejam doar suas horas produzindo fralda para nossas crianças”, explicou.

Recentemente, o Fundo Social ganhou de um empresário uma máquina de fraldas manual que dará início aos trabalhos com a expectativa de em breve receber outro equipamento.

Na tarde desta quinta-feira (20), o Fundo Social recebeu os insumos para a confecção das fraldas que irá garantir, neste primeiro momento, a confecção de 20.000 fraldas. “É um projeto-piloto, nossa intenção é levar o projeto para Moreira César e outras regiões e assim possibilitar que as próprias mães possam produzir as fraldas. Esse espaço será também um local de aprendizagem, onde as mamães possam compartilhar informações sobre uma boa alimentação para as crianças e receber orientações”, ressaltou Cláudia Domingues.

Projeto Fraldas
O município já conta com o Projeto Fraldas, que confecciona peças para adultos em Pindamonhangaba (na sede próximo ao Lar São Vicente de Paulo) às segundas, quartas e sextas-feiras e em Moreira César (que em breve ganhará instalações próprias na Vila dos Afetos) às terças e quintas-feiras. O projeto atende atualmente cerca de 160 famílias e produz mais de 15 mil fraldas por mês através da mão de obra dos voluntários e familiares dos beneficiados.

A família que tem entre seus familiares, uma pessoa idosa ou acamada deve procurar o CRAS mais próximo que abrange seu bairro, para o processo de triagem, levando seu RG e CPF do usuário, laudo médico com diagnóstico da doença, comprovante de renda e comprovante de endereço em Pinda.

Após a triagem e visita feitas pelo CRAS, caso o interessado atenda os critérios de baixa renda, a pessoa receberá um encaminhamento para retirar as fraldas na unidade do projeto. A Prefeitura pede ainda a disponibilidade de um voluntário (familiar do beneficiário) para uma vez por semana ajudar na confecção das fraldas.