Início Pindamonhangaba Pinda mantêm vacinação contra gripe para todos os públicos em 12 locais

Pinda mantêm vacinação contra gripe para todos os públicos em 12 locais

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba informou que, continua a terceira etapa da vacinação contra o vírus da gripe (influenza H1N1) nesta quarta-feira (11), enquanto durarem os estoques.

Para esta fase, a aplicação será de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h e das 13 às 16h, em vários locais: ESF Feital, ESF Castolira, ESF Azeredo, ESF Cruz Grande, ESF Bonsucesso, ESF Eloyna, ESF Jardim Regina, ESF Santa Cecília, ESF Campinas, ESF Jardim Imperial, UBS Vila Rica, e sala de vacina do CIAF.

Publicidade

A terceira fase será para todos os públicos. As pessoas precisam levar documento de identidade.

Atenção
Em virtude da vacinação contra Covid-19, o público deve ficar atento às recomendações do Ministério da Saúde.

A imunização contra influenza só poderá ser feita 15 dias antes ou após a vacinação contra coronavírus. Desta forma, é recomendado que as pessoas que estão recebendo doses da Coronavac/Butantan não recebam a vacina contra influenza entre a primeira e a segunda dose contra Covid-19, pois esse intervalo é de até 28 dias e, portanto, pode não respeitar o período recomendado de 15 dias entre a vacina contra um vírus e outro.

Assim, esse grupo poderá receber a vacina contra influenza 15 dias antes da primeira dose contra coronavírus ou 15 dias após a segunda dose.

No caso das pessoas que estão sendo imunizadas contra Covid-19 com a AstraZeneca/Oxford/FioCruz e Pfizer, que possuem intervalo médio de 3 meses, é perfeitamente possível ser vacinado contra influenza entre a primeira e a segunda dose contra coronavírus, pois o período mínimo de 15 dias entre um tipo de vacina e outro seria respeitado.

Da mesma forma, quem tomou a primeira dose com o imunizante Janssen, basta fazer o cálculo de 15 dias, pois é dose única.

Os que ficaram com dúvidas e já foram vacinados contra Covid-19 devem levar a carteira de vacinação e serão orientadas por profissionais de saúde nas unidades.