Início São José dos Campos Patrulha Maria da Penha completa 2 anos ampliando segurança em São José...

Patrulha Maria da Penha completa 2 anos ampliando segurança em São José dos Campos

Foto: Adenir Britto/PMSJC

A Patrulha Maria da Penha, realizada pela Guarda Civil de São José dos Campos, completou dois anos de atuação e terá novidades para garantir ainda mais segurança para as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

Até o final deste ano, as mulheres que possuem medida protetiva e são acompanhadas pelo programa terão à sua disposição um aplicativo para acionamento imediato em casos de perigo e aproximação indesejada dos ex-companheiros.

Publicidade

A nova tecnologia substituirá o número de WhatsApp exclusivo que elas utilizam atualmente para acionar os guardas e dará ainda mais agilidade ao socorro.

Assim que o Plano São Paulo de enfrentamento à covid-19 permitir, receberão aulas de defesa pessoal ministradas pelos guardas, em mais uma ação para ampliar a segurança delas, de seus filhos e de seus familiares.

Parceria

A Patrulha é realizada em parceria com a Justiça através da Vara de Violência Doméstica e Familiar e com a Polícia Civil por meio da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

Atende atualmente 54 vítimas de violência doméstica e familiar –no total, 80 já foram beneficiadas. Desde que o trabalho teve início, os guardas civis municipais já realizaram a detenção de 58 agressores, sendo 26 apenas no primeiro semestre de 2021. Saiba mais sobre o programa no site da Prefeitura.

Desde 2 de fevereiro de 2020, o Boletim de Ocorrência por situação de violência doméstica pode ser registrado por meio eletrônico através do endereço

O fortalecimento do programa de proteção às mulheres com a Patrulha Maria da Penha e com instituições parceiras e a Justiça integra o Plano de Gestão 2021-2024.

Socorro rápido

Mulheres acompanhadas pelo programa destacaram a importância da Patrulha em suas vidas e ficaram felizes com as novidades previstas.

“A última vez que precisei acionar a Patrulha via WhatsApp, o socorro chegou em três minutos, resolvendo o problema com eficiência e agilidade. Com o aplicativo, vai melhorar ainda mais”, afirmou J., que mora na região sul.

“A Patrulha tem sido muito importante na minha segurança e da minha família. São nossos anjos da guarda. Fiquei feliz de saber que teremos um aplicativo à nossa disposição e também estou ansiosa pelas aulas de defesa pessoal”, disse E., que também reside na zona sul.

Cartilhas

Recentemente foi criada cartilha com informações sobre o programa com a finalidade de multiplicar a divulgação das ações.

O material foi entregue às mulheres com medida protetiva e também foi disponibilizado em unidades estratégicas, como a Delegacia de Defesa da Mulher, os Cras (Centros de Referência em Assistência Social) e os Creas (Centros de Referência Especializados em Assistência Social).

Em outra frente de atuação, cartazes foram afixados nos ônibus do transporte coletivo urbano e nas 40 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Resolve.

Patrulha em números

Implantação: 25 de junho de 2019

Atendimentos: 244

Mulheres beneficiadas: 80

Acompanhadas atualmente: 54

Agressores detidos: 58, sendo 7 em 2019, 25 em 2020 e 26 apenas no primeiro semestre de 2021

Telefones úteis:

153 (ligação gratuita – GCM) – 24 horas

190 (ligação gratuita – PM) – 24 horas

180 (ligação gratuita – Disque Denúncia) – 24 horas

DDM (Delegacia de Defesa da Mulher): 3941-4140