Início Variedades Ação de segurança na via Dutra orienta 466 passageiros sobre importância do...

Ação de segurança na via Dutra orienta 466 passageiros sobre importância do uso de cinto de segurança em ônibus

Foto: divulgação/CCR NovaDutra

Campanha “Vou de Cinto” promovida pela ANTT e CCR NovaDutra foi realizada no posto de pesagem de veículos em Resende (RJ.

A CCR NovaDutra e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizaram mais uma campanha de orientação sobre a importância do uso de cinto de segurança nas viagens de ônibus pela via Dutra. Em nova campanha “Vou de cinto”, realizada na última quarta-feira, 30/06, no posto de pesagem de veículos (PPV) de Resende (RJ), localizado no km 301 sentido São Paulo, 15 ônibus foram abordados e 466 passageiros orientados sobre a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança durante a sua viagem.

Todos os passageiros receberam um folheto com informações e dicas de segurança. Desde 1999 todo passageiro de ônibus é obrigado a utilizar o cinto de segurança durante a viagem.

Publicidade

Pesquisa da ANTT mostra que seis em cada 10 passageiros não utilizam o cinto de segurança em viagem de ônibus. A proposta da campanha é mudar o hábito de muitos passageiros que ainda viajam de ônibus sem utilizar o dispositivo.

Vale ressaltar que:

  • O cinto de segurança reduz em 75% o risco de mortes em caso de acidentes;
  • Usar o cinto de segurança é lei para passageiros e condutores;
  • Nas fiscalizações, se os passageiros estiverem sem o cinto, o condutor do ônibus pode ser autuado.
  • O não uso do cinto de segurança é considerado infração grave, com multa no valor de R$ 195,23, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), neste caso para o motorista do ônibus;

Eu vou usando o cinto de segurança e você como você vai?

Sobre a CCR NovaDutra: A CCR NovaDutra é responsável pela administração da Rodovia Presidente Dutra, via com 402 quilômetros de extensão e que liga as duas regiões metropolitanas mais importantes do País: Rio de Janeiro e São Paulo. A rodovia abrange uma região altamente desenvolvida, que responde por cerca de 50% do PIB brasileiro. A Concessionária tem 25 anos de existência e foi a segunda a integrar o Grupo CCR.