Início São José dos Campos Atenção humanizada alivia a dor de pacientes no Hospital Municipal de São...

Atenção humanizada alivia a dor de pacientes no Hospital Municipal de São José dos Campos

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A gente não se cansa de enaltecer o heroísmo desse pessoal que escolheu como missão de vida o trabalho de cuidar dos enfermos e ajudá-los a vencer a doença.

Desta vez, é a hora de destacar o lado humano, que enobrece ainda mais o serviço prestado por profissionais de saúde e áreas correlatas no Hospital Municipal de São José dos Campos, mantido pela Prefeitura e gerenciado pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina).

Publicidade

Com intuito de humanizar o atendimento na unidade de internação, uma equipe multiprofissional desenvolve atividades que visam melhorar a experiência das pessoas internadas e, de alguma forma, trazer a elas mais conforto e bem-estar. No grupo, formado 100% por mulheres, estão integrantes das áreas de enfermagem –enfermeiras e técnicas–, fonoaudiologia, fisioterapia, nutrição e psicologia.

Neste mês, houve visita surpresa no Dia dos Namorados, jantar e café da manhã especial para pacientes com programação de cirurgia, bolo de aniversário para um jovem em internação prolongada. Em cada momento, um gesto de amor e esperança inesquecível para quem está hospitalizado, mas nunca sozinho.

Bolo de aniversário para Leonardo de Oliveira Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Todas as ações são planejadas de maneira participativa, o que gera satisfação entre as profissionais por poder praticar a empatia. “Acreditamos que as ações de humanização colaboram com o plano terapêutico e fortalecem os laços da equipe com os pacientes e familiares”, afirma a enfermeira Ana Luiza de Paula Martins Riera, coordenadora da equipe.

Ela ressalta que a humanização no atendimento é parte da rotina de trabalho. “É no momento da visita à beira do leito que identificamos as demandas dos pacientes. Com ações simples, proporcionamos uma internação mais acolhedora.”

Sempre atenta, a equipe multidisciplinar está mobilizada para tornar o hospital um segundo lar daqueles que precisam estar ali para se recuperarem. “São ações pequenas, às vezes, mas que deixam a internação mais leve, menos dolorosa, com mais respeito e mais carinho”, diz a fonoaudióloga Ariane Morais.

Na avaliação da nutricionista Sandy Pereira Gamez, a humanização no ambiente hospitalar leva carinho e dignidade aos internados, respeitando as emoções e considerando a individualidade daqueles que estão num momento de fragilidade. “Cada ação realizada ameniza o sofrimento dos pacientes, fazendo com que eles se sintam mais acolhidos através de pequenos gestos.”

Café da manhã elaborado com capricho pelas nutricionistas Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa