Início Pindamonhangaba Hospital Campanha do Cidade Nova usa criatividade para ajudar pacientes vencerem a...

Hospital Campanha do Cidade Nova usa criatividade para ajudar pacientes vencerem a Covid-19 em Pinda

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Uma ação inovadora e criativa está ajudando os pacientes do Hospital Campanha Cidade Nova em Pindamonhangaba a vencer o período de internação na luta contra a Covid-19. Com projetos artísticos e de convivência social, batizado de Projeto Criatividade, os profissionais de saúde estão conseguindo amenizar a solidão da internação e gerar ânimo e coragem para o paciente suportar o tratamento e superar o vírus.

As ações realizadas proporcionam um salto qualitativo no serviço prestado gerando resultados perceptíveis tanto para a equipe multidisciplinar quanto para os familiares dos pacientes, que recebem o retorno do projeto nos boletins médicos enviados diariamente.

Publicidade

Uma das ações é o “Dia da Beleza”, que proporciona atividades como corte e pintura de unhas, aparar as barbas, elaboração de penteados e utilização de maquiagem. “Respeitamos a individualidade de cada paciente. Pedimos para a própria família que traga objetos que já são usados em casa, como um batom ou um esmalte, dando assim um acolhimento melhor para ele vencer o tratamento enquanto está na unidade”, afirmou a coordenadora da UPA Cidade Nova, Fabíola Sales Marreiro.

“Domingo em Família” é uma outra iniciativa que visa amenizar a saudade e rever a família através de uma janela que faz a conexão de forma segura e eficaz. “Os pacientes Covid-19 que estão em isolamento recebendo tratamento médico sentem muito o efeito do isolamento e dentro da condições permitidas buscamos esse encontro no domingo, proporcionando uma melhora no tratamento”, afirmou uma das realizadoras do projeto, Jeniffer Acosta.

Outra ação é o “Dr. Dançarino”, em que o médico, enfermeiro ou técnico de enfermagem realiza a visita ao paciente usando roupas coloridas, maquiagem e disfarces para chamar a atenção, cantar e dançar pequenos trechos de músicas escolhidas pelo próprio paciente. “Com essa interação ganhamos a confiança e a credibilidade dos pacientes, demonstrando um ambiente tranquilo e harmonioso para a internação, auxiliando o desenvolvimento e melhora do quadro focando sempre na recuperação e alta do paciente”, explicou Fabíola.

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Dentro das normas hospitalares, outra iniciativa realizada é o “Dia Atípico” em que é oferecido ao paciente, dentro de sua limitação, um prato ou bebida diferente da rotina da dieta e que seja do seu gosto. “O objetivo é demonstrar ao paciente que ele não está privado de tudo e que a internação será apenas um processo ao qual o mesmo poderá usufruir extraindo boas lembranças desse período”, afirmou Fabíola.

Outra ação que tem uma excelente aceitação é “Caixa de Memória” que é entregue para os familiares nas altas médicas com os pertences e as atividades realizadas pelo Projeto Criatividade durante a hospitalização. A Caixa de Memória também pode ser entregue para familiares que tiveram a experiência da perda de seu ente querido. “Nesta caixa é colocada os pertences dos pacientes com mais carinho e cuidado para que as boas lembranças permaneçam. A morte não encerra esse vínculo pois nada no mundo é capaz de apagar o amor”, ressaltou uma das responsáveis pelo projeto, Franciele Pereira.