Início Política Presidente Jair Bolsonaro se irrita com pergunta de repórter durante visita à...

Presidente Jair Bolsonaro se irrita com pergunta de repórter durante visita à Guaratinguetá

Imagem: reprodução/Foco do Brasil

Após solenidade de formandos da Aeronáutica, na cidade de Guaratinguetá, nesta segunda-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro concedeu uma coletiva e acabou se irritando com a pergunta de uma repórter de uma emissora. Em resposta, Bolsonaro criticou e mandou a jornalista e parte da própria equipe calar a boca.

Durante a coletiva o presidente lamentou sobre as 500 mil mortes pela Covid-19 em que o Brasil alcançou no último fim de semana e disse que qualquer óbito é uma dor na família. “Lamento todos os óbitos, lamento muito, qualquer óbito é uma dor na família”, disse Bolsonaro.

Publicidade

A repórter se dirigiu ao presidente falando que ele já havia sido multado recentemente no estado de São Paulo pelo não uso de máscara quando foi interrompida. “Você quer fazer uma pergunta decente, eu respondo. Você é da Globo?”, respondeu Bolsonaro.

Neste momento outro repórter perguntou sobre o repasse de verba federal para a Santa Casa de Misericórdia de Guaratinguetá e o presidente passou a palavra para a deputada federal Carla Zambelli responder.

Na sequência, Bolsonaro voltou a se dirigir a repórter. “Rede Globo, eu estava com um capacete balístico à prova de 762, então eu vou ser multado toda vez que andar de moto por aí. Eu sou um alvo”, disse Bolsonaro. Neste momento a repórter fez a pergunta novamente mas foi interrompida pelo presidente, que irritado, também mandou parte da equipe que falava atrás calar a boca. “Deixa eu falar? Deixa eu falar? Porque eu sou um alvo de canalhas do Brasil. Dá pra calar a boca aí atrás, por favor?”

Bolsonaro ainda estava de máscara e a repórter insistiu, afirmando que ele chegou sem máscara no evento, e sem paciência o presidente respondeu que chega como quiser, onde quiser, e que cuida da própria vida. “Eu chego como eu quiser, onde quiser, eu cuido da minha vida. Se você não quiser usar máscara, não use”.

Na sequência, ainda mais irritado, Bolsonaro tirou a máscara e continuou. “Me bota no Jornal Nacional agora, vai botar agora? Estou sem máscara em Guaratinguetá. Está feliz agora? Você está feliz agora? Essa Globo é uma merda de imprensa. Vocês são uma porcaria de imprensa”.

Bolsonaro interrompeu a jornalista que tentou fazer nova pergunta, mandando ela calar a boca. “Cala a boca. Vocês são canalhas. Vocês fazem um jornalismo canalha. Vocês não ajudam em nada. Vocês destroem a família brasileira, destroem a religião brasileira, vocês não prestam. A Rede Globo não presta. É um péssimo órgão de informação. Se você não assiste à Globo, você não tem informação, se assiste, está desinformado. Você tinha que ter vergonha na cara, de prestar um serviço porco que é esse que você faz na Rede Globo. Obrigado”.

Em nota a Associação Brasileira de Imprensa disse que Jair Bolsonaro não tem condição de governar o Brasil.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) disse que Bolsonaro “demonstrou mais uma vez seu desrespeito à liberdade de imprensa, pela saúde pública, pela democracia e até mesmo pelas normas mais básicas de civilidade e etiqueta -um comportamento incompatível com o cargo máximo da República do Brasil”.