Início Variedades Especialista tira as principais dúvidas do Imposto de Renda 2021

Especialista tira as principais dúvidas do Imposto de Renda 2021

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Cerca de 13 milhões de contribuintes ainda não prestaram contas ao fisco

A poucas semanas do fim do prazo, que termina no dia 31 deste mês, quase metade dos contribuintes ainda não enviou a Declaração do Imposto de Renda 2021. Até o momento, pouco mais de 19 milhões acertaram as contas com o “leão”, o que representa 59% do previsto para este ano. O balanço está disponível para consulta no site da Receita Federal.

Matheus Bortone, docente da área de gestão e negócios no Senac Pindamonhangaba, esclarece as principais dúvidas para quem ainda vai declarar o IR.

Publicidade

Quem precisa declarar?

Os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020. Pessoas que receberam Auxílio Emergencial em 2020 e, além das parcelas, tiverem recebido R$ 22.847,76 ou mais em outros rendimentos tributáveis. E aqueles que tiveram em 2020 receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.

Posso declarar dependentes?

Sim. Os dependentes mais comuns são companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos; cônjuge; filhos ou enteados até 21 anos; filhos ou enteados cursando nível superior ou técnico até 24 anos; filho ou enteado em qualquer idade incapacitado físico e/ou mental; além de pais, avós e bisavós – tendo eles recebido rendimentos tributáveis ou não de até R$ 22.847,76.

O que é possível deduzir?

As deduções legais são pagamentos com educação de nível básico, técnico ou superior (limite máximo de R$ 3.561,50), saúde (planos médicos, consultas particulares, valor ilimitado) e gastos com dependentes (cônjuge, filhos até 18 anos ou 24 anos que estejam estudando).

Quais documentos são necessários para declarar o IR?

Deve-se ter sempre ao alcance da mão o Informe de Rendimento de instituições financeiras, o Informe de Rendimento de salário, o Informe da Nota Fiscal Paulista, documentos que comprovem a compra, venda e posse de bens como imóveis e veículos, Informe de Dívidas (empréstimo), recebidos de despesas com educação, de pagamentos de plano de saúde, médico, odontológico entre outros.

Qual é o erro mais comum na hora de declarar o IR?

Muitas pessoas esquecem ou não sabem que, ao declarar um dependente, é necessário declarar todos os rendimentos e bens do dependente.

Caí na malha fina. E agora?

Se declaração tem informações incorretas ou incompletas, é possível fazer a retificação com as correções necessárias por meio do programa gerador da declaração – o mesmo por onde a declaração é enviada. Se a declaração retida está correta e o contribuinte tem os documentos que comprovem as informações, é preciso aguardar o Termo de Intimação ou a Notificação de Lançamento da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil, ou agendar um atendimento para a entrega da documentação.

Senac Pindamonhangaba

Endereço: Rua Suíça, 1.255 – Santana – Pindamonhangaba/SP

Informações: www.sp.senac.br/pindamonhangaba  

Facebook: www.facebook.com/senacpindamonhangaba   

Instagram: www.instagram.com/senacpinda