Início Variedades Caminhos para a Cidadania apresenta cartografia social da segurança no maio amarelo

Caminhos para a Cidadania apresenta cartografia social da segurança no maio amarelo

O trânsito não deveria ser sinônimo de risco, violência ou temor. Pelo contrário. Pode e deve colaborar na relação entre pessoas, bairros e cidades. A partir desta premissa, o Caminhos para a Cidadania convida alunos a repensarem o espaço e a importância do trânsito em suas vidas, durante o maio amarelo. Na Dutra, o projeto conta com o apoio da CCR NovaDutra.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, acidentes com veículos de transporte e passeio são a principal causa de morte entre crianças e jovens com idade entre 5 e 29 anos. E por isso, no mês da conscientização mundial sobre o trânsito, o projeto do Instituto CCR sugere uma adaptação da ferramenta cartografia social. “A cartografia é a atividade que surgiu para ajudar as pessoas a se localizarem, portanto é um recurso poderoso para o nosso trabalho de fomentar educação e cidadania no trânsito”, comenta Ariane Teles, do Instituto CCR, responsável pelo programa. A cartografia social representa os objetivos e olhares de um grupo de pessoas em relação a um espaço geográfico”, completa.

Publicidade

O objetivo dessa abordagem é que os alunos façam o mapeamento dos locais inseguros para os pedestres e ciclistas, indicando a sinalização correta em cada situação. A sugestão de atividade está à disposição, não somente dos profissionais de educação, mas também para o público em geral s no site do programa, que é o www.caminhosparaacidadania.com.br

Objetivos da proposta

– Gerar consciência nos alunos sobre segurança viária

– Gerar conhecimento sobre sinalização de trânsito

– Estimular o conhecimento sobre o bairro do aluno,

– Alertar sobre os perigos que há ao redor da casa dos alunos. 

Confira aqui a as sugestões de atividades de apoio ao educador.

O PROGRAMA

O Caminhos para a Cidadania é um programa de educação sobre cidadania, com formação para professores do Ensino Fundamental I da rede pública de ensino. Coordenado pelo Instituto CCR e as Unidades de Negócio do Grupo CCR, realizado em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, está à disposição de mais de 160 mil alunos de escolas públicas de 84 municípios do Brasil. Na Dutra, o projeto conta com o apoio da CCR NovaDutra.