Início Esporte Santos bate Inter de Limeira e vira líder do Grupo D do...

Santos bate Inter de Limeira e vira líder do Grupo D do Paulistão

© Ivan Storti/Santos FC/Direitos Reservados

Em Ribeirão Preto (SP), Palmeiras não sai do 0 a 0 contra Botafogo

O Santos assumiu a liderança do Grupo D do Campeonato Paulista. Neste domingo (18), mesmo atuando com reservas, o Peixe derrotou a Inter de Limeira por 2 a 1 na Vila Belmiro, em Santos (SP), pela sexta rodada do Estadual.

O Alvinegro foi aos nove pontos, um a frente do Mirassol (que tem um jogo a menos), na ponta do Grupo D. A Inter, por sua vez, é a lanterna do Grupo A, com três pontos e  tem a segunda pior campanha geral do Paulistão. Os dois times com pior pontuação na primeira fase são rebaixados à Série A2 (segunda divisão).

Publicidade

A equipe dirigida por Ariel Holan muda a chave para a Libertadores. Na próxima terça-feira (20), o Santos estreia na fase de grupos diante do Barcelona de Guayaquil (Equador), às 19h15 (horário de Brasília), novamente na Vila Belmiro. Pelo Paulistão, o Peixe só volta a jogar na sexta-feira (23), às 22h15, contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP). A Inter busca a reabilitação na quarta (21), às 21h, no duelo contra o Ituano, no estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira (SP).

Se não foi um primor técnico, o primeiro tempo na Vila Belmiro teve chances para ambos os lados. Aos 14 minutos, o volante Guilherme Nunes teve a chance de abrir o placar em chute do meio da área, na sobra de uma cobrança de falta, parando no goleiro Rafael Pin, que mandou para escanteio. O meia Lucas Lourenço bateu e a bola esbarrou no volante Deivid, que desviou para a própria meta, colocando o Santos à frente. Aos 28 minutos, o atacante Lucas Batatinha foi lançado pelo meia Rondinelly e tocou na saída do goleiro Vladimir para empatar.

A missão santista ficou mais difícil aos 15 minutos do segundo tempo, com a expulsão de Guilherme Nunes, após intervenção do árbitro de vídeo (VAR). A Inter tomou a iniciativa e, por duas vezes, chegou perto da virada, em finalizações do volante Igor Henrique (de fora da área) e de Lucas Batatinha (dentro). Aos 41, porém, o atacante Yeferson Soteldo cobrou falta na área, Rafael Pin se enrolou com a bola dominada e o atacante Bruno Marques completou para as redes, garantindo a vitória santista.

Botafogo 0 x 0 Palmeiras

No estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), também pela sexta rodada, o Palmeiras visitou o Botafogo e não saiu do 0 a 0. Assim como o Santos, o Verdão também poupou a maioria dos titulares, pensando na estreia na Libertadores e preservando o elenco, que realizou o terceiro jogo em um intervalo de apenas três dias.

O Alviverde acumula nove pontos e está em terceiro lugar no Grupo C, ainda fora da zona de classificação às quartas de final (os dois primeiros avançam), dois pontos atrás do vice-líder Novorizontino. O Botafogo é o terceiro do Grupo A, o mesmo do São Paulo, com seis pontos. O Pantera possui a mesma pontuação do Santo André, que ocupa a segunda posição, mas fica atrás pelo saldo de gols (zero contra -6), além de ter duas partidas a mais que o Ramalhão.

A melhor oportunidade do jogo ocorreu aos oito minutos do segundo tempo. O lateral Pará cobrou falta da intermediária, pela esquerda, e o zagueiro Victor Ramos quase surpreendeu Weverton com uma cabeçada no contrapé, mas o goleiro do Palmeiras conseguiu fazer a defesa.

As duas equipes têm compromisso na quarta, mas por torneios diferentes. O Palmeiras encara o Universitario (Peru), na capital peruana Lima, às 21h, pela Libertadores. Mais tarde, às 22h15, o Botafogo pega o Mirassol no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, em Mirassol (SP), pelo Paulista. O Verdão só atua novamente pelo Estadual na sexta-feira, às 20h, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).