Início Pindamonhangaba Vacina para idosos com 68 anos ou mais e segunda dose para...

Vacina para idosos com 68 anos ou mais e segunda dose para 77 anos ou mais será aplicada a partir de terça em Pinda

Foto: Saulo/ Fernandes Vale News

Em Pindamonhangaba, os idosos que possuem 68 anos ou mais vão receber a primeira dose da vacina contra Covid-19 a partir da terça-feira (6). Sexta-feira e segunda-feira não haverá imunização porque é feriado.

A vacinação da primeira dose vai ocorrer no CIAF/Saúde da Mulher – acesso pela rua Dr. Laerte Machado Guimarães, das 8h30 às 16 horas; e em outros cinco locais, CISAS em Moreira César, UBS Terra dos Ipês II, unidades de saúde do Cidade Nova e Nova Esperança (Araretama), e Centro Dia do Idoso (Vila Rica), das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16 horas.

Publicidade

A secretária de Saúde, Valéria dos Santos, fez um alerta aos idosos que vão receber a primeira dose. “A vacinação inicia às 8h30. Assim, não precisa chegar nas unidades às 5 ou 6 da manhã. Podem ir tranquilamente 8h30, 9 horas, ou em qualquer horário dentro do divulgado. Deste modo, o idoso não precisará esperar até o início da imunização”.  
Para a primeira dose é obrigatório levar documento de identidade e comprovante de endereço.

Para facilitar e agilizar a vacinação, as pessoas podem fazer um pré-cadastro pelo site http://vacinaja.sp.gov.br. Vale ressaltar que não é obrigatório o pré-cadastro, porém diminui o tempo de espera na fila e de cadastro na hora da imunização.

Segunda dose para idosos de 77 ou mais será aplicada na terça-feira à tarde

A segunda dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 77 anos ou mais vai ocorrer a partir de terça-feira (6), somente no período da tarde, das 13h30 às 16 horas, nos seis locais de vacinação: CIAF/Saúde da Mulher, CISAS em Moreira César, UBS Terra dos Ipês II, unidades de saúde do Cidade Nova e Nova Esperança (Araretama), e Centro Dia do Idoso (Vila Rica).  

A secretária de Saúde, Valéria do Santos, pediu para que as pessoas respeitem a data anotada na carteira de vacinação contra Covid-19. “É uma data que serve de parâmetro para a organização do fluxo de vacinação, entrada e saída das pessoas, sem que haja aglomerações e para facilitar também o trabalho dos profissionais de saúde. Por isso, é fundamental que as pessoas sigam a data marcada na carteira”.

Para a segunda dose, tem que levar documento de identidade e a carteira de vacinação.