Início Taubaté DEIC com apoio do Canil da GCM de Pinda deflagra operação policial...

DEIC com apoio do Canil da GCM de Pinda deflagra operação policial em Taubaté

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Na manhã desta quarta-feira (31), Policiais Civis da DEIC – Delegacia de Polícia Especializada de Investigações Criminais, de Taubaté, com o apoio do Canil da GCM de Pindamonhangaba, deflagrou uma Operação Policial, com o objetivo de apreender armas de fogo, drogas e outros objetos de origem criminosa. A operação policial teve início por volta das 6h, no Residencial Sérgio Lucchiari, no Bairro Barreiro, lugar conhecido pelo intenso tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações tiveram início após policiais civis receberem informações de que três indivíduos estariam na posse de armas de fogo e drogas.

Publicidade

Foi representado junto ao Poder Judiciário, ouvido o Ministério Público, pela concessão de quatro mandados judiciais de busca e apreensão domiciliar que, nesta quarta, resultaram em dois flagrantes delito e um termo circunstanciado.

Em um apartamento do bloco 42 do Residencial Sérgio Lucchiari, foi apreendido 01 revólver calibre .38 com numeração suprimida e 05 munições intactas. Também foi apreendido 01 aparelho celular, 01 relógio e R$ 150,00 em dinheiro, além de uma pequena porção de maconha. Um indivíduo de 26 anos, com diversas passagens criminais, foi preso em flagrante pelo crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Em outro apartamento no bloco 3, foi localizado e apreendido 01 aparelho celular, produto de furto em data anterior e uma pequena porção de maconha. Um indivíduo de 25 anos, também com diversas passagens criminais, foi preso em flagrante pelo crime de receptação.

Em outro apartamento pelo Bloco 4, um indivíduo de 32 anos foi detido após os policiais encontrarem uma pequena porção de maconha. Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado um termo circunstanciado, versando sobre drogas para consumo pessoal sem autorização ou em desacordo.

A Polícia Civil informou que as investigações prosseguem.