Início São José dos Campos Prefeitura de São José dos Campos apreende 28 mil bebidas em adega...

Prefeitura de São José dos Campos apreende 28 mil bebidas em adega da região leste

Foto: PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos, através do DFPM (Departamento de Fiscalização de Posturas Municipais) e da GCM (Guarda Civil Municipal), apreendeu na tarde de quarta-feira (3) um total de 28.118 bebidas alcoólicas, refrigerantes e energéticos em adega e tabacaria do bairro SetVille Altos de São José, na zona leste da cidade.

Foto: PMSJC

Foi a maior apreensão de bebidas da história do DFPM e a maior desde o início da pandemia da covid-19 há um ano. O valor aproximado das mercadorias é de R$ 120 mil.

Publicidade

Somente em cervejas foram recolhidas 26.115 latas, garrafas e long necks, além de 48 cervejas de vinho. As equipes da Secretaria de Proteção ao Cidadão também apreenderam no local 46 objetos, entre mesas, cadeiras e aparelhos de som.

O responsável pela adega será multado em R$ 28 mil por funcionamento além do horário permitido, descumprimento de auto de interdição e desrespeito às regras sanitárias do Plano SP e dos decretos municipais e estaduais de combate ao coronavírus.

Ele foi encaminhado ao 3º DP (Distrito Policial), onde foi registrado Boletim de Ocorrência pelos crimes de ameaça –ele tentou atropelar um guarda civil municipal–, descumprimento de auto de interdição e crime contra a saúde pública, que somados podem acarretar pena de até dois anos de detenção e multa.

Fluxo do funk

A adega, que não tem alvará de funcionamento, foi interditada e multada no último dia 13 de fevereiro, durante o sábado de Carnaval, por funcionamento fora do horário estabelecido na pandemia.

Na madrugada daquele dia, guardas civis municipais e agentes do DFPM, com o apoio da Polícia Militar, dispersaram um fluxo do funk no entorno do estabelecimento comercial que contava com a participação de 200 pessoas e 80 carros.

Na ocasião, foram apreendidas bebidas alcoólicas e outras mercadorias, com valor estimado de R$ 7 mil.

Através de monitoramento, os guardas e fiscais descobriram que a adega descumpriu o auto de interdição e estava funcionando. Eles foram ao local nesta quarta para fechar novamente o estabelecimento.

Também por meio dos serviços de inteligência e monitoramento da GCM e do DFPM, a Prefeitura identificou que a adega é uma das principais fornecedoras de bebidas alcoólicas para fluxos do funk realizados na zona leste do município.

Descarte

As bebidas serão descartadas de forma ambientalmente correta.

As latas de alumínio e as garrafas de vidro serão doadas para o Centro de Triagem da Urbam (Urbanizadora Municipal S/A), onde serão recicladas pelas três cooperativas que atuam na cidade e vão gerar renda para as famílias de 100 cooperados.

São José Unida

A ação desta quarta não foi isolada. Por meio do programa São José Unida, a Prefeitura e as forças de segurança realizam, desde o início da pandemia, operações integradas de combate aos fluxos e aglomerações todos os finais de semana e feriados em todas as regiões da cidade.

As fiscalizações em estabelecimentos comerciais também foram intensificadas.

O objetivo é evitar a propagação da covid-19, aumentar o índice de isolamento social e garantir mais sossego, saúde e segurança à população.

A ofensiva tem a participação da GCM, DFPM, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana e Polícia Militar, esta última atuando através da Operação Proteção e Paz e da Atividade Delegada.

A população pode ajudar a Prefeitura denunciando aglomerações e descumprimentos das regras de isolamento social pelos telefones 153 (GCM) e 190 (Policia Militar).

Apreensão

Cervejas: 26.165 (latas, garrafas e long necks)

Garrafas de destilado: 296

Skol beats: 24

Cervejas de vinho: 48

Refrigerantes: 582

Energéticos: 1.003

Objetos: 46 (mesas, cadeiras e aparelhos de som)