Início Aparecida Veja os momentos marcantes da XIII Romaria Nacional do Terço dos Homens...

Veja os momentos marcantes da XIII Romaria Nacional do Terço dos Homens em Aparecida

Foto: Thiago Leon

Emocionante! Esse foi o sentimento da Missa de Abertura da XIII Romaria Nacional Virtual do Terço dos Homens.

Com o tema ‘Terço dos Homens: No Santuário da Palavra, com Maria e José, cuidar da vida’, a primeira celebração da Romaria de 2021 reuniu, na Basílica Velha, alguns homens do terço para representar fisicamente os milhares de homens e grupos de todo o Brasil.

Publicidade

Neste ano, em razão da Pandemia, os grupos de terço estão sendo motivados a acompanharem a programação da Romaria de suas casas, por meio da Rede Aparecida de Comunicação, Facebook e YouTube do Santuário.

A celebração das 18h foi presidida pelo arcebispo de Juiz de Fora e bispo referencial da CNBB para o Terço dos Homens, Dom Gil Antonio Moreira.

Dom Gil iniciou a celebração convidando os homens do terço de todo o Brasil a Homenagearem o Papa Francisco com suas orações, por ele ter estabelecido neste ano, o Ano de São José.

Homilia
Em sua homilia, comentou sobre o ano atípico da Romaria e afirmou: “O coração está unido e permanece unido. A pandemia não consegue atrapalhar o terço dos homens”.

Foto: Thiago Leon

Enfatizou a beleza da meditação do terço, explicando que “o terço não é só uma oração, é uma contemplação da vida de Cristo, aos olhos e no pulsar do coração de Maria”.

Sobre a temática da Romaria, Dom Gil sublinhou três destaques presentes na reflexão deste ano: a Palavra de Deus, a presença de São José e a expressão cuidar da vida.

“É importantíssimo que nós tenhamos a companhia de São José, de Nossa Senhora, ouvindo a Palavra e defendendo a vida”, disse o arcebispo.

Também recordou o tempo da Quaresma, que teve início no dia 17 de fevereiro, enaltecendo que este é um tempo especial de oração.

“Quis Deus que essa XIII Romaria caísse no início da Quaresma. Esse tempo Quaresmal é muito importante para a nossa fé, nos prepara para a festa litúrgica mais importante para os cristãos”.

Dom Gil concluiu sua reflexão pedindo a união do Terço dos Homens:

“Os milhares de homens do terço deste Brasil inteiro se unam cada vez mais. A Pandemia não pode nos vencer, para que o nosso movimento cresça, o nosso louvor cresça e nós sejamos de fato missionários da Palavra de Deus, do amor de José e de Maria, em favor da vida”.

Homenagem
Antes da benção final, o padre Antonio Maria emocionou a todos com uma homenagem à Mãe Aparecida com a canção ‘Nossa Senhora’, do Roberto Carlos.

Missa Solene
DIA 20 (SÁBADO), ÀS 9h

O segundo dia da Romaria Nacional Virtual do Terço dos Homens (20) amanheceu com um sábado lindo na cidade da Mãe Aparecida. Mesmo com a impossibilidade da presença física dos homens de todo o Brasil no Santuário, por meio da Rede Aparecida de Comunicação muitas famílias estiveram reunidas das suas casas, com os olhos e o coração ligados ao Santuário, rezando com a Romaria deste ano.

Foto: Thiago Leon

A Missa Solene, realizada às 9h, no Altar Central, foi presidida pelo arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes e concelebrada pelo reitor do Santuário de Aparecida, Padre Eduardo Catalfo, o arcebispo de Juiz de Fora e bispo referencial da CNBB para o Terço dos Homens, Dom Gil Antonio Moreira e o bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney, Dom Fernando Arêas Rifan.

A celebração também contou, mais uma vez, com os representantes de diversos grupos de terço do Brasil e ainda os devotos, que puderam participar da celebração no Altar Central, de acordo com os protocolos de saúde para prevenção à Covid-19.

No dia em que a igreja celebra a festa litúrgica dos Pastorinhos de Fátima, Francisco e Jacinta Marto, dom Orlando ressaltou, em sua homilia, a graça de o Santuário ser neste dia o eco de Fátima e o eco da voz dessas crianças, que rezaram o terço durante toda a sua vida.

O arcebispo aproveitou a reflexão para fazer dois desafios aos homens do Terço: o de motivarem a criação de um grupo de terço das crianças e o de serem e viverem o Terço.

“Penso que seria uma grande missão dos homens, ir repassando para outras gerações esta experiência tão bonita, de nos reunirmos em família”.

Foto: Thiago Leon

“Que bom se com São José déssemos mais uma passo, e sei que já estão dando, de não só rezar o terço que já e uma graça imensa, mas de ser o Terço que Reza. Eu não sou ainda, não sou nem a Ave-Maria. Agora imagine cada um de nós ser a Ave-Maria que começa com a saudação, com o diálogo, com a visita. Será que nós já estamos fazendo isso? Para mim ainda é uma luta”, comentou Dom Orlando.

Na celebração, um dos momentos de grande alegria e emoção para os homens do terço foi a entronização da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vinda em um carro-andor que trazia a representação de uma dezena do terço. Reveja esse momento especial da Missa Solene.

Terço e Consagração Solenes
DIA 20 (SÁBADO), ÀS 14h

Um Santuário quase vazio de pessoas, mas repleto da fé e do testemunho de homens que vivem uma devoção mariana tão antiga como bela.

Assim, um pequeno grupo de 100 homens esteve ao redor do Altar de Aparecida na tarde deste sábado (20), para rezar o Santo Terço e a Consagração a Nossa Senhora Aparecida, no segundo dia da XIII Romaria Nacional Virtual Terço dos Homens.

Com o terço nas mãos e o coração cheio de alegria, esses homens representaram os milhares que não puderam estar presentes na edição da romaria anual. Eles vieram de várias cidades e estados brasileiros, e não mediram esforços para poder demonstrar o seu carinho e amor à Virgem Maria.

Foto: Thiago Leon

Com outros romeiros presentes, a oração do terço contou com a presença do reitor do Santuário Nacional, padre Eduardo Catalfo, que presidiu o momento oracional, e também do padre Camilo Júnior, que foi o animador deste momento.

No altar ainda estavam presentes Irmão João Batista de Viveiros, animador do movimento no Santuário Nacional, Dom Gil Antônio Moreira, arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, que é o Referencial para o Terço dos Homens no país, padre Renato Luís Andreatto, da Diocese de Piracicaba, onde é animador do movimento e padre Antônio Maria, apresentador da TV Aparecida e autor do hino do Terço dos Homens.

Junto da contemplação do Mistério da Alegria, a pessoa de São José, devido ao ano dedicado especialmente ao Pai de Jesus, foi lembrada nas reflexões com os pedidos e preces que acompanharam cada mistério. Cinco homens puderam subir ao Altar e rezar as Ave-Marias, reforçando sua devoção, foram eles: Glayson Lozer, de Linhares (ES), Francisco Mamede, de Santo André (SP), Ronei Medeiros, de Brumadinho (MG), Virgílio Roque, de Itu (SP) e Carlos Alberto, de Cascavel (PR).

Quem estava acompanhando de casa pôde participar enviando suas intenções e muitas delas foram citadas pelo Irmão Alan durante o momento. Muitos devotos participaram enviando fotos por meio do uso da hashtag #homensdevotos. Um dos pedidos foi dirigido ao bispo de Cascavel, Dom Mauro Aparecido dos Santos, que se encontra hospitalizado com Covid-19.

Um momento comovente foi protagonizado pelo Irmão Viveiros, que leu cinco testemunhos que reforçaram a grande missão do Terço dos Homens. Entre eles, o de José, que era usuário de drogas. Um dia, ele foi convidado por um amigo para participar do grupo do terço e, meio desacreditado, ele foi. No entanto, foi daí em diante que sua vida mudou. Ele prometeu a Nossa Senhora Aparecida que, se conseguisse se livrar das drogas, ele viria em romaria ao Santuário. Dois anos depois, ele encontrou o Irmão Viveiros na Casa da Mãe e disse:

“Irmão Viveiros, nunca mais usei a droga e não sinto nenhuma necessidade. O Terço dos Homens me libertou, graças a Deus e à proteção materna de Nossa Senhora Aparecida”.

Muitos dos testemunhos também enfatizaram várias iniciativas que os grupos têm feito contribuindo para ações sociais em benefício de pessoas em situação de vulnerabilidade. É o Terço que não só reza, mas age também!

Reveja aqui este momento:

Missa de encerramento
DIA 21 (DOMINGO), ÀS 8h

Foto: Maria Alice figueira/ A12

A missa de Encerramento da Romaria Virtual do Terço dos Homens foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes e contou com a participação do Bispo Referencial para os Homens do Terço, Dom Gil Antonio Moreira, do reitor do Santuário Nacional Padre Eduardo Catalfo, entre outros bispos, padres e religiosos.

A celebração foi marcada principalmente pelo discurso do diálogo e pela espiritualidade quaresmal. A homilia foi dividida, parte feita por Dom Orlando Brandes e parte por Dom Gil.

Para Quaresma progredir no conhecimento de Jesus

Foto: Maria Alice figueira/ A12

Dom Orlando ressaltou sobre o progresso no amor a Jesus Cristo: “Progredirmos neste encantamento e seguimento de Jesus Cristo para corresponder ao amor, pois toda a Quaresma nos lembra do amor, do derramamento do Sangue por nós”.

Para o Arcebispo de Aparecida, Deus não vem de cima para baixo, ele vem como um amigo dialogando e querendo construir junto a Salvação da humanidade. Ele pontua que a Aliança quer dizer sobre pacto, juramento e parceria para aumentar a amizade e a proximidade. “Nos lembra a Campanha da Fraternidade: No sangue de Jesus somos irmãos, somos aliança e não divisão. Uma aliança dos diferentes, entre todos os cristãos, porque se Cristo morre por todos como não vamos ser ecumênicos?”, explica.

Durante a Homilia, ele também nos lembrou que somos amados pelo Batismo e que deve haver aliança com tudo o que respira. “Não destruir a natureza, nem a criação. A vida não morre; ela é transformada e a aliança foi colocada no coração de todos pelo Espirito Santo, que leva Jesus ao deserto. Que rezemos um pouquinho mais na Quaresma”, pede Dom Orlando.

Ele cita que Satanás tenta quebrar a fraternidade com o ódio, a indiferença, a falta de fraternidade. “Jesus vence a tentação como nós todos haveremos de vencer”.

Homens do Terço são homens do diálogo

Foto: Maria Alice figueira/ A12

Na segunda parte da Homilia, Dom Orlando convidou Dom Gil que, em sua reflexão, falou sobre ensinamentos que todos os homens que rezam o Terço vão levar para casa neste ano de 2021.

Primeiramente, uma lição muito especial sobre o lema: ‘No Santuário da Palavra, com Maria e José, cuidar da vida’: “Vamos levar para casa o nosso amor a Palavra; Maria é a mulher da Palavra: ‘Eis aqui a serva do Senhor, cumpra-se a tua Palavra’.

Segundo, o terço é uma oração bíblica: todo o Terço é baseado na Sagrada Escritura, vamos crescer na escuta da Palavra;

Terceiro, recebemos uma grande catequese sobre São José, então vamos levar para nossas casas. São José, que nos guia com o Terço dos Homens;

O quarto ponto é o compromisso pela vida, solidariedade com os que padecem com a pandemia, vida é sagrada, desde a fecundação até a morte natural;

Quinto, neste ano a romaria caiu na Quaresma, então aprofundemos a oração”.

Terço Virtual levou Romaria até a África

Foto: Maria Alice figueira/ A12

Dom Gil também finalizou ressaltando a experiência da Romaria Virtual e enalteceu que Deus deu a possibilidade de encontrar um formato. “Nós temos um recurso e a nossa fé nos faz nos virarmos. Imagino tantos televisores, computadores e telas de celular ligados. Nós temos um grande grupo de terço em Moçambique. Estes homens participam conosco desde o primeiro dia e, neste momento, estão em vigília”.

Ao final da celebração, o Padre Eduardo Catalfo divulgou a data da 14.ª Romaria, que será nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro de 2022. Ele aproveitou para pedir a todos os homens do Terço para rezar pelas vocações sacerdotais e religiosas.

Fonte: A12.com