Início Pindamonhangaba Ação de fiscalização evita realização de eventos clandestinos de carnaval em Pindamonhangaba

Ação de fiscalização evita realização de eventos clandestinos de carnaval em Pindamonhangaba

Para evitar aglomerações e fluxos em espaços públicos, a Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio das equipes de fiscalização da Vigilância Sanitária e Rendas, com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana (GCM), está realizando fiscalização e patrulhamento preventivo para evitar festividades nos dias de Carnaval.

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

No fim de semana, as equipes atenderam denúncias de eventos clandestinos que gerassem aglomerações, num total de 9 denúncias. De acordo com o diretor de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, responsável pela Vigilância Sanitária, André Marcos Pereira, infelizmente muitas denúncias eram falsas. Das 9 denúncias, 6 não procediam, 1 evento foi cancelado e 2 eventos foram autuados, sendo um no Ribeirão Grande e outro no Santana. Nos dois locais, verificou-se aglomeração, pessoas em pé, sem o uso de máscaras.

Publicidade

“Infelizmente algumas denúncias eram falsas, pois quando a fiscalização chegou até os locais, os estabelecimentos estavam fechados. Outros locais, acreditamos que em decorrência da divulgação que haveria forte fiscalização, não realizaram eventos e outros foram autuados. É importante que as denúncias cheguem com o máximo de informações possíveis sobre o local a ser realizado, para que a ação surta o efeito desejado”, explicou o diretor.

A fiscalização tem continuidade nesta semana. Com a decisão de quase todas as prefeituras da Região Metropolitana do Vale do Paraíba em tornar o feriado de Carnaval em dia útil, as atividades comerciais e serviços (exceto atividades bancárias) estarão funcionando normalmente, o que de alguma forma já inibirá a realização de eventos que gerem aglomeração.

A ação dos agentes de segurança coibindo os encontros sociais visa atender um anseio da população, preocupada com aumento do contágio do vírus e a alta nos números de casos e ocupação de leitos hospitalares.

A Prefeitura reforça que através das normas do Plano SP, estando o município classificado na fase laranja, nenhum tipo de evento tem autorização para ser feito em espaço público ou privado.

O munícipe poderá utilizar o aplicativo E-Ouve e formalizar as denúncias através da Ouvidoria Municipal.