Início São José dos Campos Incêndio destrói hipermercado em São José dos Campos

Incêndio destrói hipermercado em São José dos Campos

Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros

Na madrugada deste sábado (6), um incêndio de grandes proporções destruiu o hipermercado Makro atacadista, no bairro Vila Tatetuba, em São Jose dos Campos. Ninguém ficou ferido.

Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o 11°GB foi acionado por volta das 03h50 para atendimento de ocorrência de incêndio de grandes proporções no hipermercado Makro Atacadista, localizado na rua Patativa.

Publicidade

No momento do incêndio não havia ninguém no local e funcionários faziam a segurança do lado de fora do estabelecimento.

O hipermercado estava fechado quando o fogo começou e as chamas atingiram todo o pavilhão interno, culminando no colapso da estrutura e no desabamento do telhado. As causas e origem do incêndio ainda serão investigadas.

Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros

Com a atuação do Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas por volta das 5h30, sendo possível preservar as edificações vizinhas ao hipermercado, sendo o Posto de Gasolina, o restaurante do Makro, que possuí uma cobertura distinta a do pavilhão e as edificações residenciais vizinhas.

Trabalharam no combate um total de 11 viaturas e 30 bombeiros militares do Corpo de Bombeiros.

Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros fez uso de um drone para dimensionar a área comprometida pelas chamas, monitorar a estrutura e direcionar esforços no combate ao incêndio que atingiu o hipermercado.

Nos próximos anos o Corpo de Bombeiros deverá fazer o uso desta tecnologia em suas missões, tais como: incêndio em vegetação, busca terrestre, busca aquática, vistorias e perícias, ocorrências envolvendo produtos perigosos, monitoramento de áreas de risco, monitoramento em ocorrências de desabamento, deslizamento, incêndio em edificação como a deste sábado e em situações programadas.

O 11° GB possui o drone ou Aeronave Remotamente Pilotada (RPA) pronto para o uso e bombeiros treinados para operá-lo, desde o ano de 2020.