Início Pindamonhangaba Operação Pinda Mais Segura tem prisão de suspeitos e apreensão de arma...

Operação Pinda Mais Segura tem prisão de suspeitos e apreensão de arma e drogas

Foto: divulgação /Polícia Militar

Uma grande integração de policiamento vem sendo realizada em Pindamonhangaba com foco no combate e prevenção aos crimes praticados contra a vida. Com a união da Polícia Militar com a Guarda Civil Metropolitana da Prefeitura, a primeira operação do ano, denominada Pinda Mais Segura, reuniu na tarde da última quarta-feira (6), a participação da Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária, Polícia Civil, Guarda Civil Metropolitana, Departamento de Trânsito e Departamento de Fiscalização e Posturas da Prefeitura, dente outros órgãos.

Foto: divulgação /Polícia Militar

Além de militares da cidade, a operação recebeu o reforço de equipes de outras localidades, como o BAEP e a Força Tática.

Publicidade

O resultado da Operação Pinda Mais Segura foi a prisão de três pessoas suspeitas, apreensão de uma arma de fogo (marca Rossi e calibre 38 com numeração suprimida), além da apreensão de entorpecentes: 121 pedras de crack, 114 pinos de cocaína, 29 porções e meio tijolo de maconha, 05 pedras brutas de crack (400g), duas plantas de maconha, dois celulares e um notebook de procedência duvidosa.

Foto: divulgação /Polícia Militar

A comandante da PM, capitão Lucimeire Jerônymo comandou a operação realizando as devidas instruções. “Apesar de 2020 registrar um resultado positivo, tivemos alguns crimes contra a vida e a vigilância exige atenção total. Por isso estamos intensificando essas operações, que irão ocorrer com mais frequência visando a prevenção a esses crimes, busca e apreensão de armas e até mesmo de combate ao tráfico”, afirmou a Cap. Lucimeire.

A população pode contribuir com o trabalho das polícias. Além do telefone 190 para acionar a PM em caso de emergência, é possível efetuar denúncia através do site da Secretaria de Segurança Pública ou através do Disque Denúncia no número 181. “Qualquer denúncia sobre elemento portando arma ou identificação de ponto de droga colabora muito para que nosso serviço de inteligência possa atuar”, afirmou a comandante.

Foto: divulgação /Polícia Militar