Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba registra a menor taxa de letalidade por Covid-19 na região

Pindamonhangaba registra a menor taxa de letalidade por Covid-19 na região

© Reuters/Direitos Reservados

Pindamonhangaba é o quinto município do Estado de São Paulo com o menor índice de letalidade da Covid-19, segundo levantamento realizado ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) e divulgado na última semana.

O levantamento foi realizado pela associação com os 82 municípios paulistas que tem mais de 100 mil habitantes e coloca Pindamonhangaba na quinta colocação (índice 32,1), atrás das cidades São Carlos, Assis, Itatiba e Araraquara. O índice de Pinda é bem menor que a média do Estado de São Paulo (90,6) e sua colocação está acima de grandes cidades como São José dos Campos, São José do Rio Preto, Guarulhos, Campinas e Santos, que ocupa a última colocação.

Publicidade

A cidade tem 59 óbitos registrados pela doença e 3.139 confirmações, registrando uma letalidade de 1,85%. No Estado de São Paulo, no mesmo período, o percentual é de 2,7% na média nacional o índice é de 3,4% e na média mundal o índice está em 2,0%.

A Prefeitura de Pindamonhangaba aponta que diversas medidas contribuíram para o cenário favorável ao combate à Covid-19 como os protocolos realizados para a testagem em todos os pacientes com sintomas, internação precoce de casos com sinais de agravamento, o que vem antecipando as ações de assistência de enfrentamento à doença, aliado à implantação de hospital de Campanha na unidade do Cidade Nova.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, desde o início da pandemia até o momento, a cidade realizou cerca de 15 mil testes somente na rede pública, o que representa uma quantidade significativa para controlar melhor a propagação do vírus. A cidade tem hoje uma rede de saúde pública com 15 leitos UTI e 40 leitos intermediários.

Além do baixo índice de letalidade, a cidade também tem uma das melhores taxas de recuperação de pacientes positivados, com índice de 94%. Dos 3.139 casos confirmados, desde 06 de abril quando a cidade positivou o primeiro morador, atualmente 2.975 já estão recuperados.