Início Pindamonhangaba Novo monumento em homenagem a João do Pulo é instalado na entrada...

Novo monumento em homenagem a João do Pulo é instalado na entrada de Pinda

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

Quem entra em Pindamonhangaba pela Avenida Nossa Senhora do Bom Sucesso já pode conferir o novo monumento em homenagem ao saudoso atleta campeão João Carlos de Oliveira, “João do Pulo”. Produzido em quatro meses pelo artista da cidade, Irineu Migliorini, a obra tem ao todo 14 metros de altura e foi instalada na madrugada desta quinta-feira (26).

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

A rotatória João Carlos de Oliveira “João do Pulo” foi implantada em 2002 e o novo monumento atende um pedido da população e dos familiares do atleta, que estiveram na cidade em julho. O monumento não teve custos aos cofres públicos, sendo recebido como doação ao município, e retrata a imagem do salto que imortalizou sua gloriosa carreira. As obras no local ainda não foram finalizadas e receberão entre outras ações, o término da construção da base e dos serviços de paisagismo e jardinagem.

Publicidade

“A população sempre solicitou neste local um novo monumento que representasse com mais dignidade a grandeza e o nome de João do Pulo. Conversamos com os familiares, eles acompanharam os trabalhos e hoje nossa cidade presta uma verdadeira homenagem ao nosso saudoso atleta. O monumento anterior não foi descartado, será restaurado e colocado em um novo local, pois também é uma obra de arte e merece nosso respeito. Mas agora sim, atendemos um anseio da população e uma justa homenagem que retrata o momento mais importante de sua carreira”, afirmou o prefeito em exercício, Ricardo Piorino.

“O João foi um ícone do esporte e sempre amou Pindamonhangaba. Para nós da família, recebemos essa homenagem com muita emoção, para que o nome dele não morra e fique sempre na memória da população desta terra onde ele nasceu e que ele sempre amou”, afirmou Ana Maria, irmã do João do Pulo.

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

Quem foi o atleta João do Pulo?
João Carlos de Oliveira, conhecido como João do Pulo nasceu em Pindamonhangaba em 28 de maio de 1954, foi um atleta especializado em saltos, sendo ex-recordista mundial do salto triplo, medalhista olímpico e tetracampeão pan-americano no salto triplo e no salto em distância.

João do Pulo participou das Olimpíadas de 1976 (Montreal) e de 1980 (Moscou). Sofreu um acidente automobilístico em 22 de dezembro de 1981, quando teve que amputar sua perna direita e encerrar sua carreira. Com o final de sua participação esportiva, João do Pulo ingressou na política e elegeu-se Deputado Estadual por duas legislaturas: em 1986, com 24 mil votos e depois reeleito em 1990, com mais de 33 mil votos. Faleceu aos 45 anos em São Paulo, no dia 29 de maio de 1999 e foi sepultado no Cemitério Municipal de Pindamonhangaba.

Artista da cidade foi o autor do novo monumento João do Pulo
Natural de Jaú (SP), mas morador de Pindamonhangaba há 32 anos, o artista Irineu Migliorini tem em seu currículo a produção de importantes esculturas.

Durante quatro meses ele trabalhou na construção do novo monumento do João do Pulo, através de um trabalho árduo realizado com injeção de espuma em poliuretano e revestido com resina de poliéster e manta, tendo em seu interior uma robusta estrutura metálica em aço.

“É um sentimento gratificante retratar um nome como o João do Pulo, mas também foi um desafio enorme pois não é fácil trabalhar com esse tipo de material e produzir todos os detalhes”, afirmou Irineu.

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

O artista plástico Irineu Migliorini é o autor de várias obras de destaque na mídia regional e nacional, entre elas: estátuas do padre Donizete enviado para a cidade de Tambaú (5,40m), Nossa Senhora Auxiliadora (5m) para Macaé (RJ), Frei Galvão de Guaratinguetá (8m), a Estátua da Liberdade (com 20 metros) instalada nas lojas Hawan em Santa Catarina e diversas outras esculturas do antigo Magic Park de Aparecida, onde tinha 300 metros das montanhas mais famosas do mundo, colunas romanas, pedras, rios e cachoeiras e mais de 2.000 monumentos diferentes, entre outros trabalhos.

Irineu Migliorini nasceu em Jaú em 15 de março de 1950, filho de João Migliorini e Vicentina Barbarossa Migliorini, de origem italiana. Tem cinco irmãos: Leonildo, Regina, Sônia, Edna, Sheila e José Donizete. Casado com Maria do Carmo, o casal tem uma filha, Tahíse.