Início Polícia Polícia Ambiental devolve aves à natureza em Paraibuna e Piquete

Polícia Ambiental devolve aves à natureza em Paraibuna e Piquete

Foto: divulgação/Polícia Ambiental

Além de caçadores flagrados em Paraibuna, a Polícia Ambiental também apreendeu aves em Piquete, na tarde deste sábado (24). Cinco homens vão responder por crime ambiental e as aves foram devolvidas à natureza.

Foto: divulgação/Polícia Ambiental

Paraibuna

Publicidade

Enquanto uma equipe realizava patrulhamento no bairro Pinhalzinho, zona rural da cidade, um veículo com quatro homens em seu interior foi abordado pelos policiais. Durante a abordagem, duas aves da fauna silvestre em uma gaiola e um “bate” utilizado como armadilha para caça, redes, gaiolas transportadoras, fação, lanterna e um machado, foram encontrados pela equipe.

Aos policiais, os homens contaram que vieram de Biritiba Mirim e São Paulo para caçar e venderiam as aves na Grande São Paulo.

Os quatro homens foram multados em R$ 4 mil e vão responder por crime ambiental.

Piquete

Depois de receberem denúncia de aves mantidas em cativeiro no bairro Vila Barão, os policiais foram até o local e encontraram seis aves mantidas em gaiolas, sem autorização do órgão competente.

O proprietário disse que tinha conhecimento da necessidade de autorização, mas optou por manter aves em cativeiro de forma irregular.

Ele foi multado em R$ 3 mil e vai responder por crime ambiental.

Crime ambiental

De acordo com a lei de crimes ambientais, quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, esta sujeito a detenção de seis meses a um ano, e multa.

Devolvidas à natureza

Parte das aves foi devolvida à natureza. Outras, com anilhas irregulares, foram encaminhadas ao órgão ambiental competente.

Foto: divulgação/Polícia Ambiental