Início Pindamonhangaba Metalúrgicos de Pinda garantem reajuste de salário e direitos trabalhistas

Metalúrgicos de Pinda garantem reajuste de salário e direitos trabalhistas

Foto: Guilherme Moura

Os trabalhadores metalúrgicos de Pindamonhangaba aprovaram em assembleia geral a proposta da Campanha Salarial. A assembleia ocorreu de forma on-line nos dias 8 e 9 de outubro.

Segundo o sindicato, a categoria emprega cerca de sete mil trabalhadores na cidade e as negociações já duram quatro meses.

Publicidade

De acordo com o presidente da entidade, André Oliveira, a proposta garante a aplicação integral do reajuste salarial da inflação, calculado em 2,94%, para todos os trabalhadores.

“Essa negociação é estadual, a proposta varia um pouco em cada segmento, alguns como na Novelis e na Latasa, teve até aumento real de salário, e agora todos terão o reajuste, algo que os patrões não queriam dar de jeito nenhum, usaram muito o discurso da pandemia e só depois de ameaça de greve alcançamos a proposta”, disse.

Foto: Guilherme Moura

Outro ponto importante, segundo ele, foi a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho, que contém direitos específicos dos metalúrgicos.

Vários sindicatos participam junto com a FEM-CUT/SP (Federação dos Metalúrgicos da CUT no Estado de São Paulo) dessas negociações com as bancadas patronais. Ao todo, 200.000 metalúrgicos estão envolvidos.

O acordo geral está aprovado, mas segundo André paralisações ainda podem ocorrer em Pinda.

“Esse acordo é uma garantia pra todos. Mas discussões específicas nas fábricas ainda devem ocorrer, cada uma tem o seu nível de produção e o sindicato vai sempre em busca de uma proposta coerente com a realidade de cada fábrica”.