Início Aparecida Pela primeira vez, celebrações do Dia da Padroeira acontecem sem romeiros na...

Pela primeira vez, celebrações do Dia da Padroeira acontecem sem romeiros na Basílica

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Celebrações virtuais marcam dia de Nossa Senhora Aparecida no Santuário Nacional, templo que abriga Imagem original da Santa

O Dia da Padroeira do Brasil, comemorado na próxima segunda-feira (12), será diferente neste ano. As celebrações, que no último ano atraíram 162 mil romeiros, desta vez vão acontecer apenas de forma virtual, sem a participação presencial dos devotos no interior da Basílica.

Foto: Thiago Leon/Divulgação

“Estamos pedindo aos nossos romeiros para que adiem as romarias para Aparecida neste período. De casa, eles são convidados a acompanharem as celebrações rezando junto conosco e também montando um altarzinho para Nossa Senhora”, esclarece o porta-voz do Santuário Nacional, padre José Ulysses da Silva.

Publicidade

A decisão, informada no início de setembro pelo Santuário, foi motivada diante da pandemia do novo coronavírus. Para possibilitar a participação dos fiéis, a Rede Aparecida de Comunicação (TV, Rádio e A12) e as redes sociais do Santuário Nacional (Facebook e YouTube) irão transmitir ao vivo as festividades em louvor à Padroeira.

A principal missa do dia acontece às 9h no Altar Central da Basílica Nova. A celebração será presidida pelo arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes. No mesmo local, haverá ainda outra celebração às 18h, encerrando as comemorações.

Na Basílica Velha, as missas acontecem às 7h e 12h. Às 15h, a tradicional Consagração Solene será dedicada aos membros da Família dos Devotos, que de casa, devem assistir à cerimônia, que assim como as missas, não vai contar com a presença física dos romeiros.

Durante as celebrações, pessoas que atuam em instituições diretamente ligadas à Arquidiocese de Aparecida e às obras sociais e de evangelização do Santuário Nacional vão representar os fiéis no interior das Basílicas. Dessa forma, não será possível o livre acesso do público às basílicas durante as cerimônias.

Assim como as missas, outros eventos também sofreram alterações. A tradicional procissão, que no último ano foi acompanhada por mais de 20 mil pessoas pelas ruas de Aparecida, também não acontecerá. Apresentações musicais com ampla participação também foram canceladas.

Neste ano, a Novena e Festa tem como tema: “Com Maria, em família, revestir-se da Palavra”. A temática foi escolhida no fim de 2019, mas acabou se mostrando mais do que acertada.

“Quando escolhemos o tema, não esperávamos que o ‘em família’ seria levado tão a sério. Tenho certeza que a escolha foi providência de Deus, já que neste ano, com a pandemia, as festividades estão sendo vividas pelos devotos junto de suas famílias”, pontua padre Ulysses.

Fora do horário das celebrações, a Basílica Nova estará aberta para visitação das 12h às 17h. Durante o período, toda a infraestrutura de acolhimento e serviços do Santuário estarão à disposição dos visitantes.