Início Pindamonhangaba Ergonomia no lar melhora a qualidade de vida na quarentena

Ergonomia no lar melhora a qualidade de vida na quarentena

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Pequenas mudanças e novos hábitos atribuem conforto ao home office e às tarefas domésticas

Em decorrência do isolamento social e do sistema de trabalho e estudo remoto, a população brasileira passou a permanecer mais tempo em casa. No entanto, nem sempre o lar está preparado para receber seus moradores com conforto por longas horas. Pequenos ajustes nos cômodos promovem a ergonomia, melhoram a postura e a qualidade de vida dos integrantes da residência.

De acordo com Priscila Pacca e Silva, docente da área de arquitetura e urbanismo do Senac Pindamonhangaba, o home office é um espaço que precisou ser criado às pressas, mas deve ser bem organizado, livre de ruídos e aconchegante, que favoreça a postura, a concentração e a produtividade. “Cadeira com encosto e altura ajustável, apoio para os pés, monitor no nível dos olhos e materiais de trabalho ao alcance da mão evitam posturas desfavoráveis à coluna, movimentos desgastantes e desnecessários. E lembre-se: nem pensar em passar horas no sofá com o computador no colo, isso dificulta a rotina de trabalho e causa problemas de saúde”, afirma.

Publicidade

Ela destaca que outros ambientes da casa também precisam de atenção especial, mesmo não sendo para o home office. “Na sala de TV, por exemplo, o sofá precisa permitir que os pés encostem no chão e a coluna fique ereta. O centro da televisão deve ficar na altura dos olhos. No quarto, opte por colchões e travesseiros adequados ao biótipo do morador, nem muito rijos e nem muito macios. Na cozinha, a bancada tem que ser adaptada para a altura de quem mais utiliza o ambiente. No banheiro e na cozinha, caso a bancada vá até o chão, deixe um recuo na parte inferior para que os moradores não batam o pé na quina, nem inclinem para frente forçando a coluna”, ressalta Priscila.

As atividades domésticas também requerem atenção especial. O indicado é fazer alongamentos antes de iniciar qualquer serviço, distribuir as tarefas ao longo da semana e fazer pausas reparadoras. Veja as dicas da Vivian Foroni Mexas Chipoletti, docente da área de saúde e bem-estar do Senac Pindamonhangaba:

·         Ao pegar objetos pesados, flexione os joelhos e traga-os para próximo do tronco para movê-los de lugar;

·         Para varrer, utilize cabos mais longos para favorecer a postura;

·         Para limpar locais altos, utilize escadas ou bancos;

·         Evite instalar o varal excessivamente alto;

·         Para passar roupas e lavar louças, use um banquinho para apoiar um dos pés e alternar a descarga de peso;

·         Sofá ou poltronas necessitam de consistência moderada e apoio para as costas e pernas;

·         O colchão deve possuir consistência moderada a firme, e os travesseiros ter altura adequada à curvatura neutra de pescoço.

Senac Pindamonhangaba

Endereço: Rua Suíça, 1.255 – Santana – Pindamonhangaba/SP

Informações: www.sp.senac.br/pindamonhangaba

Facebook: www.facebook.com/senacpindamonhangaba

Instagram: www.instagram.com/senacpinda