Início Esporte Brasil conhece adversários da próxima edição da Liga das Nações de Vôlei

Brasil conhece adversários da próxima edição da Liga das Nações de Vôlei

Foto: Divulgação/FIVB

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou a tabela da edição de 2021 da Liga das Nações e cientes das trajetórias do Brasil na competição, os técnicos Renan e José Roberto Guimarães avaliaram, nesta quarta-feira (02.09), as tabelas da competição onde as seleções brasileiras irão disputar duas etapas em casa.

A Liga das Nações, cancelada em 2020 devido a pandemia da COVID-19, terá, em 2021, passagens por Brasília (DF), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT). No masculino, depois de estrear no dia 14 de maio, nos Estados Unidos, os brasileiros jogarão entre os dias 21 e 23 de maio, também em Brasília (DF). A equipe do treinador Renan voltará a jogar em casa entre os dias 11 e 13 de junho, em Campo Grande (MS). 

Publicidade

O técnico Renan fez questão de destacar a importância ainda maior da competição no ano de 2021, que passou a ser um ano olímpico.

“A VNL, mais do que nunca, faz parte do calendário internacional anual que reúne as principais seleções do mundo.  É uma competição muito intensa, de um nível técnico muito alto e em 2021 vai ser ainda mais interessante, já que esperamos que cada seleção use o que considere a melhor estratégia: fazer dela um laboratório para os Jogos Olímpicos ou fazer parte do programa de crescimento para os Jogos. Vai ser interessate ver como as seleções vão se comportar”, disse Renan.

No feminino, as brasileiras jogarão a primeira semana da competição, entre os dias 11 e 13 de maio, em Cuiabá (MT). Na sequência, entre os dias 18 e 20 de maio, o Brasil terá como sede Brasília (DF).

Na Liga das Nações, as seleções se enfrentarão nos seus respectivos grupos e as cinco mais bem classificadas passarão à fase final junto com os países sedes. A fase final do feminino será entre os dias 23 e 27 de junho, na China. Já a etapa decisiva do masculino será na Itália no mesmo período.

O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre os grupos do Brasil na Liga das Nações e ressaltou a importância da competição em um ano olímpico.

“A Liga das Nações é uma competição importante e será decisiva na nossa preparação e definição do grupo para os Jogos de Tóquio. Será muito positivo jogar duas etapas em casa, o que significa estarmos mais próximos da nossa torcida e menos deslocamentos”, afirmou José Roberto Guimarães.

✏️ 📝 Bônus: ALFABETO CURSIVO – PEQUENAS LEITURAS – ATIVIDADES INTERATIVAS 📝✏️

Na última edição da Liga das Nações, em 2019, o Brasil ficou o quarto lugar no masculino e com a medalha de prata no feminino.

TABELA LIGA DAS NAÇÕES

Masculino

Semana 1 – 14 a 16 de maio – Estados Unidos
Brasil
Estados Unidos
Argentina
Canadá

Semana 2 – 21 a 23 de maio – Brasília (Brasil)
Brasil
Sérvia
Japão
França

Semana 3 – 28 a 30 de maio – Polônia
Brasil
Polônia
China
Bulgária

Semana 4 – 4 a 6 de junho –  Tehran (Irã)
Brasil
Irã
Austrália
Eslováquia

Semana 5 – 11 a 13 de junho – Campo Grande (MS)
Brasil
Itália
Alemanha
Rússia

FEMININO

Semana 1 – 11 a 13 de maio – Cuiabá (MT)
Brasil
Estados Unidos
República Dominicana
Canadá

Semana 2 – 18 a 20 de maio – Brasília (DF)
Brasil
Itália
Japão
Rússia

Semana 3 – 25 a 27 de maio – Macao (China)
Brasil
China
Sérvia
Bélgica

Semana 4 – 1 a 3 de junho – Polônia
Brasil
Polônia
Alemanha
Tailândia

Semana 5 – 8 a 10 de junho – Seul (Coréia do Sul)
Brasil
Coréia do Sul
Holanda
Turquia

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro