Início São José dos Campos Alunos do Ensino Médio de São José dos Campos criam projeto para...

Alunos do Ensino Médio de São José dos Campos criam projeto para debater problemáticas brasileiras e para simular o cotidiano de um deputado federal

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

Evento on-line tem como objetivo familiarizar estudantes de todo o Brasil com questões políticas e contribuir para a formação de cidadãos críticos e engajados

Com o objetivo de estimular o protagonismo do jovem em questões sociais, Briza Aiki, Bárbara Flôres e Stanley Chao – alunos do Ensino Médio de São José dos Campos – fundaram o projeto MultiNós Brasil, um debate on-line sobre as problemáticas nacionais, aberto aos estudantes de Ensino Fundamental e Médio de todo o País.

Inspirado nas simulações estudantis da Organização Mundial da Saúde (OMS), o evento visa a gerar uma experiência autêntica do cotidiano de um deputado federal, aproximando os participantes dos principais procedimentos políticos e ampliando a tomada de consciência de uma cidadania empática. Trata-se de um espaço de discussão, que tem o objetivo de apresentar novas ideias e de estimular o apoio ao bem-estar comum.

Publicidade

Em sua primeira edição, o MultiNós Brasil abordará as principais questões enfrentadas antes e durante a pandemia de Covid-19. O evento acontecerá por meio da plataforma Zoom, nos dois primeiros finais de semana de setembro (05 e 06/09 e 12 e 13/09) e os interessados podem fazer suas inscrições até o dia 16 de agosto, por meio do formulário https://forms.gle/cEWjoFoR1sPbDaLW6. A participação é gratuita aos estudantes de escolas públicas e bolsistas de escolas privadas. Para os demais estudantes, há uma contribuição simbólica de R$ 8,50, que auxiliará nos custos de produção.

Com o projeto, Briza Aiki, de 16 anos, aluna do Ensino Médio do Colégio Poliedro de São José dos Campos, busca democratizar os debates, fomentar o conhecimento sobre política e mostrar de que forma os problemas são conduzidos pelas autoridades brasileiras.  “Queremos reforçar que a política não é ruim, mas pode ser aplicada de modo errado. Então, é importante aproximarmos os jovens dos procedimentos nacionais, para desconstruirmos os eventuais bloqueios diante deste assunto. Assim, também geramos oportunidades de desenvolvermos o senso crítico e a empatia, formando cidadãos mais atentos e responsáveis”, explica.

Empreendedorismo Social – Briza Aiki atua com outros projetos sociais, como o ElaSTEMpoder (@elastempoder), que tem como objetivo estimular a presença e a liderança das mulheres nas áreas de ciência e tecnologia. Ela também foi diretora, por duas vezes, no comitê da Organização Internacional do Trabalho do evento PoliONU, uma das maiores simulações da Organização das Nações Unidas, na América Latina.

A jovem estudante desenvolveu a sua primeira startup aos 13 anos e foi a pessoa mais jovem a participar do programa ProLíder, uma iniciativa da Fundação Estudar que visa a estimular o empreendedorismo de impacto social. Ela também é destaque em olimpíadas científicas e, hoje, acumula um total de 36 medalhas em diversas competições.

Segundo Aiki, as simulações estudantis têm o poder de mudar a vida dos participantes e são fundamentais para o protagonismo e o engajamento em assuntos relevantes. “Depois de uma ampla pesquisa sobre cada um dos tópicos debatidos e da relação com outras pessoas, você sente um choque de realidade e pode observar com clareza todos os seus privilégios. Enxergar o mundo através de outras lógicas é o ponto de partida para entender que há muito para ser feito e que todos podemos colaborar, despertando o estudante para a ação”, conclui.

Orgulhosa da iniciativa dos alunos, a coordenadora do Ensino Médio do Colégio Poliedro São José dos Campos, Andrea Godinho, pontua a importância do evento para a formação desses jovens como indivíduos. “O MultiNós Brasil é uma experiência muito relevante para o desenvolvimento de repertório e de habilidades acadêmicas e socioemocionais, aprimorando o senso crítico, a colaboração e a sensibilidade. Acompanhar a criação de iniciativas como esta é um grande orgulho para todos nós, educadores. Nossos alunos comprovam que valores e ética são essenciais para a formação integral do jovem e que isso pode e deve ser incentivado no espaço escolar, demonstrando como o protagonismo tem o poder de transformar realidades”.

O Colégio Poliedro acredita que o papel da escola na formação dos alunos vai além do vestibular e da escolha profissional. Por meio da formação integral, a instituição incentiva o protagonismo do estudante e visa a criar um senso de responsabilidade apurado, assim como fomenta o perfil empreendedor, que permite ao jovem se transformar em cidadão ativo.

Sobre o MultiNós Brasil 

Criado em maio de 2020, o MultiNós Brasil tem como objetivo democratizar o acesso ao debate e difundir o conhecimento sobre a política no Brasil. Fundado e organizado por alunos de Ensino Médio, o projeto visa a motivar mais jovens a serem protagonistas, bem como a entenderem os procedimentos para a tomada de decisões das maiores questões do país. Para mais informações, entre em contato com: multinosbrasil@gmail.com.

Sobre o Colégio Poliedro

Com sedes em São José dos Campos, São Paulo e Campinas, o Colégio Poliedro tem como objetivo formar e transformar jovens do Ensino Fundamental – Anos Iniciais e do Ensino Médio em cidadãos atuantes, protagonistas e conscientes de seu papel e de sua responsabilidade na sociedade.

Com aprendizado fundamentado na formação integral, respeitando a subjetividade e os objetivos de cada estudante, a instituição preza pelo pleno aprendizado, com suporte individualizado, que prepara a criança e o adolescente para os desafios do futuro.

A partir do processo de reinvenção contínua, o Colégio Poliedro investe progressivamente em ambientes estimulantes, inovações tecnológicas, metodologias comprovadas e num corpo docente capacitado para oferecer ao aluno uma formação completa e de qualidade.

Para saber mais a respeito do Colégio Poliedro, acesse: www.colegiopoliedro.com.br.