Início Vale do Paraíba Brasil atinge níveis históricos de empreendedorismo em 2020

Brasil atinge níveis históricos de empreendedorismo em 2020

Vinicius Arroyo, empresário do Vale do Paraíba (Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Existem várias brincadeiras na internet que dizem que o brasileiro já nasceu empreendedor. Mas, esse ano, essa brincadeira está bem perto de se tornar realidade. Em 2020, o Brasil deve atingir o maior patamar de empreendedores em estágio inicial dos últimos 20 anos.

Segundo pesquisa recente do Sebrae, aproximadamente 25% da população adulta estará envolvida na abertura de um novo negócio ou com um negócio de até três anos e meio de atividade. Tal fato se dá pelo período de recessão, identificado pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), como aconteceu entre os anos de 2008-2009 e 2014-2016.

Publicidade

O avanço inesperado da pandemia pelo novo COVID-19 impulsionou várias pessoas para o empreendedorismo. “Apesar de não ser o momento mais propício para isso, evidencia-se o empreendedorismo de necessidade neste momento: aquelas pessoas que abriram seu próprio negócio por conta de uma demissão ou pela extinção algum outro trabalho afetado pela pandemia”, explica Vinicius Arroyo, diretor executivo da Aprimore Assessoria Empresarial, empresa de São José dos Campos especializada em auxiliar outras empresas a permanecerem saudáveis.

O empreendedorismo inicial, por necessidade, toma a dianteira como alternativa de renda para muitos brasileiros. Além disso, os que ainda não se jogaram de cabeça no próprio negócio, estão com vontade de dar o primeiro passo. Segundo o mesmo estudo, de cada 10 brasileiros adultos que não empreendem, três deles querem empreender nos próximos três anos.

“É importante ressaltar que, em muitos casos, o empreendedor é o “faz tudo” do seu negócio no momento inicial e que esse comportamento pode levar a exaustão. É preciso que ele foque na atividade principal, a qual ele é bom, e conte com o apoio de empresas terceirizadas para dar conta de outros setores”, completa Vinicius, que oferece serviços como terceirização financeira, contabilidade consultiva e mentorias e vislumbra essa realidade em muitos empresários do Vale do Paraíba.