Início Caraguatatuba Equipe do SAMU de Caraguatatuba realiza parto dentro de Unidade Móvel

Equipe do SAMU de Caraguatatuba realiza parto dentro de Unidade Móvel

Foto: Divulgação/PMC

Uma mulher de 37 anos, com 38 semanas de gestação, deu a luz ao pequeno Pietro, de 2,970 kg, dentro de uma Unidade de Suporte Avançado (USA) do SAMU de Caraguatatuba na manhã desta terça-feira (23/06). Ela estava sendo conduzida para a maternidade da Casa de Saúde Stella Maris, mas não aguentou.

Num atendimento preliminar, a mãe Roselaine Rodrigues da Silva, moradora do bairro Pegorelli, região sul, recebeu assistência da equipe do SAMU de uma Unidade de Suporte Básico (USB).

Publicidade

Entretanto, foi necessário acionar a USA para a equipe prestar mais assistência à mãe e ao bebê. As duas ambulâncias se encontraram na Rodovia SP-55, na altura do km 101. A mãe, que estava na USB 07A foi transferida para a USA 02 e no caminho, a equipe teve de realizar o parto.

O condutor, Nilson Gomes, e o técnico de enfermagem, Thiago Jakob, da USB 07A, foram os primeiros a prestarem o atendimento a paciente, que já estava em um trabalho de parto muito avançado.

Já o médico e coordenador do SAMU de Caraguatatuba, Thiago Bonaccorsi, o enfermeiro, Júnior Aparecido, e o condutor, Ralf Fernando, da USA 02, realizaram o atendimento médico para trazer o recém-nascido ao mundo.

“Foi um trabalho extramente gratificante. É indescritível a emoção de trazer uma nova vida ao mundo, uma nova esperança de progresso para a humanidade”, disse o médico.

Preparados, treinados e capacitados para socorrer e atender vários tipos de ocorrências graves, o coordenador do SAMU disse que a equipe sente uma imensa satisfação em poder ajudar o próximo. “A maior recompensa que posso receber um lindo sorriso da mãe e o olhar vívido de seu filho”, ressaltou.

Segundo a equipe, logo após o nascimento, “a criança apresentou sinais de rebaixamento, hipoatividade e cianose, porém, com a intervenção médica e os procedimentos realizados dentro da USA 02, recobrou a atividade e melhora dos sinais vitais”.

Contudo, mãe e filho, foram transportados para a maternidade. Os dois seguem em alojamento conjunto na Casa de Saúde Stella Maris e em observação.