Início Pindamonhangaba Carro fumacê atua para ajudar matar o mosquito da dengue em Pindamonhangaba

Carro fumacê atua para ajudar matar o mosquito da dengue em Pindamonhangaba

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A Prefeitura de Pindamonhangaba informa à população que está utilizando o carro fumacê em alguns bairros do município onde foi registrado alto índice de densidade larvária. A ação é um apoio para na prevenção da transmissão da dengue.

Ouro Verde, Jardim Cristina, Vila São José e Alto Cardoso foram os primeiros bairros que receberam o fumacê. “O fumacê não é a solução principal pois não mata a larva, somente o mosquito. Ressaltamos que a maior ação nesta guerra é a consciência e a participação da população no enfrentamento para não proliferar o mosquito transmissor da dengue, zika vírus e outras doenças”, afirmou Valéria Santos, secretaria de Saúde.

Publicidade

Algumas publicações em rede social acusavam a Prefeitura de não colocar mais o carro fumacê. A Secretaria de Saúde informou que o município não tem acesso à aquisição deste tipo de veneno utilizado nesta ação (malathion). “Somente o Ministério da Saúde pode adquirir esse inseticida e neste ano o mesmo voltou a fornecer, por isso que retomamos a ação com muito critério e cuidado, apenas nos bairros detectados em estado de alerta. O município não recebe veneno suficiente para atuar em todos os bairros, por isso prioriza onde tem mais larvas”, explicou Valéria.

Pindamonhangaba tem hoje 158 casos confirmados de dengue e 106 casos suspeitos e a prioridade é evitar uma epidemia e conclamar a população para exterminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Segundo Rafael Lamana, diretor do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos a Saúde, a participação da população é fundamental para o enfrentamento da epidemia. As ações são de cunho simples eliminando qualquer objeto inservível, exposto a céu aberto, que possa acumular água e ser um potencial criadouro do Aedes aegypti em seu imóvel (bebedouros para animais, depósito de água não ligada à rede de abastecimento, potes, lixo no quintal, sucatas, pratos e vasos de plantas e ralos externos).