Início Taubaté Plásticos, baldes e pneus lideram lista de criadouros em Taubaté

Plásticos, baldes e pneus lideram lista de criadouros em Taubaté

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Velhos conhecidos da população, as latas e frascos plásticos, baldes e regadores, além dos pneus lideram a lista de criadouros recorrentes identificados pelos agentes do Controle de Animais Sinantrópicos (CAS) de Taubaté durante a Análise de Densidade Larvária (ADL) de verão.

O levantamento do CAS registrou 30 tipos diferentes de criadouros, totalizando 1.352 recipientes com larvas do mosquito Aedes aegypti. Os três primeiros criadouros da lista correspondem a 33,94% do total de recipientes com larvas.

Publicidade

A relação de criadouros também apresenta locais como vasilhas de consumo animal (59), bromélias (34) e caixas de descarga de vasos sanitários (15).

O apoio e conscientização da população são essenciais neste momento, já que cabe às famílias o combate aos criadouros do mosquito responsável pela transmissão da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Para auxiliar na redução de criadouros, a prefeitura iniciou em janeiro o Arrastão Xô Mosquito. Nesta última semana, foram recolhidas pelo caminhão cata treco 3,1 toneladas de materiais nos bairros da Estiva e Vila Velha 2. A partir da próxima semana, o CAS promove o Arrastão Xô Mosquito no Três Marias, inserido na área 8. Este bairro vai ser priorizado em função de uma combinação de ADL elevada e casos confirmados de dengue.

A ADL de verão de Taubaté atingiu 4,5 pontos no Índice Breteau (IB). O indicador apresentou elevação em relação ao levantamento do mês de outubro do ano passado, quando chegou a 1,1. Os resultados indicam que todas as regiões de Taubaté estão dentro do risco de epidemia.

Criadouros mais recorrentes

Latas/frascos plásticos – 176 recipientes com larvas
Baldes/regadores – 154 recipientes com larvas
Pneus – 129 recipientes com larvas