Início Pindamonhangaba Negociações dos metalúrgicos de Pinda injetam R$ 65 milhões na economia em...

Negociações dos metalúrgicos de Pinda injetam R$ 65 milhões na economia em 2019

(Foto: Guilherme Moura)

7.630 pessoas foram beneficiadas nos pagamentos de processos judiciais coletivos, PLRs e abonos salariais em Pindamonhangaba

Nessa quinta-feira, dia 12, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba divulgou um balanço das negociações realizadas em 2019. A soma de processos judiciais coletivos, PLRs (Participação nos Lucros e Resultados) e abonos salariais chega a R$ 65.354.500,00, que beneficiaram 7.630 pessoas.

A quantia se refere a valores com pagamento em 2019 referente aos processos judiciais das fábricas Gerdau e Novelis, as parcelas de PLR pagas nas maiores empresas e os abonos salariais discutidos recentemente.

Publicidade

Segundo a entidade, ainda há outros acordos com pagamento para 2020 e negociações em andamento. Para o presidente, Herivelto Vela, os pagamentos são resultado do esforço da entidade pela valorização dos trabalhadores.

“Os processos ainda levariam muitos anos na Justiça. Conseguimos construir uma solução com muita negociação e sempre mostrando a mobilização dos trabalhadores. Também foi assim que conseguimos o reajuste, os abonos, melhorias nas PLRs. São 7.600 pessoas. É um número até maior do que o total de metalúrgicos, porque envolve também ex-funcionários. Quero dar parabéns para a diretoria do sindicato e a todos que acreditam na entidade, participam das nossas ações e assim fazem essas conquistas acontecerem”, disse Vela.

Ainda segundo o presidente, o balanço não inclui o impacto do reajuste de salário. Segundo a entidade, em todas as fábricas metalúrgicas de Pinda foi garantido reajuste de 3,80%, com 0,5% de aumento real. “Sabemos da dificuldade de muitas categorias em conseguir a reposição da inflação, e aqui conseguimos o reajuste, o que também tem um impacto grande no final de ano, com 13º salário”, completou.

Balanço