Início Pindamonhangaba Veg Mãe e filha: A iniciativa que nasceu do Projeto Reinvente em...

Veg Mãe e filha: A iniciativa que nasceu do Projeto Reinvente em Pindamonhangaba

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Na última sexta-feira (25), a presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama, Claudia Domingues, recebeu na sede Fundo Social, mãe e filha que participaram da oficina de culinária funcional do Fundo Social de Solidariedade e já iniciaram o próprio empreendimento.

A empresária Claudia, moradora da região do Borba, conta que ela e sua filha, Stella, iniciaram as aulas em setembro deste ano, após virem o anúncio nas redes sociais do Fundo Social. Stella explica que em um primeiro momento pensou que as aulas não tratavam diretamente de seu paladar, visto que ela é vegetariana há seis anos e em 2019 decidiu aprofundar-se ainda mais, se tornando vegana.

Publicidade

“Mas, foi uma grande surpresa quando cheguei lá e percebi que as aulas tinham foco no vegetarianismo. Fiquei muito contente! Lá aprendemos fazer geleia de hibisco e muitas outras receitas que já colocamos em prática. Pra mim, foi muito gratificante o curso”, destacou Stella.

Para Claudia, o curso foi um meio de reinventar o modo de cozinhar, pois lá aprendeu muito mais que novas receitas ou ingredientes diferenciados – como farinha de arroz ou de amêndoas -, pôde aprender também meios de realizar métodos culinários.

Com todo o aprendizado, mãe e filha decidiram empreender. Elas iniciaram as vendas neste mês e já colhem os frutos de um trabalho empenhado e dedicado. “A produção começa bem cedo, pela manhã. Nossas vendas acontecem pela internet. A gente anota os pedidos do Facebook e do Instagram, e a partir das 15 horas vimos para o centro para realizar as entregas”, disse Claudia.

A mãe, que também é vegetariana há cinco anos, explica que embora seus produtos sejam totalmente veganos, sem nenhum ingrediente de origem animal, seu público é bastante diversificado. “Não produzimos somente para pessoas veganas, estamos atendendo também alérgicos à lactose e ao glúten”, afirmou.

As duas relataram que a intenção de fazer o “VEG Mãe & Filha” nasceu ainda nas aulas, com grande incentivo da professora Gabriela Gasparin, que já se tornou uma cliente assídua. Para encomendar e adquirir produtos, basta entrar em contato pelas redes sociais.

A presidente do Fundo Social, Claudia Domingues, elogiou a iniciativa e afirmou que esta é a intenção do projeto Reinvente: fomentar a rentabilidade e estimular os participantes a buscarem novos horizontes.

A professora, Gabriela Gasparin, destacou que ambas tiveram um desempenho e aproveitamento muito grandes. “Fico muito feliz de saber que o curso colaborou com a atividade financeira delas. O empreendedorismo é algo que incentivo muito em minhas aulas”, comentou.

O Projeto Reinvente

O Projeto Reinvente é uma realização do Fundo Social de Solidariedade de Pindamonhangaba, lançado há cerca de um ano, com o objetivo de descobrir potenciais e gerar oportunidades em meio à crise. Este é um programa voltado à aplicação de oficinas socioculturais, que buscam descobrir talentos e estimular a criatividade, além contribuir para o aumento da autoestima e da integração dos participantes.

O próximo local de curso de culinária funcional é a igreja São Sebastião, no Alto Tabaú, e as aulas começarão na próxima segunda-feira (4/11). Os interessados já podem fazer inscrição no Fundo Social que fica na rua Deputado Claro Cesar, 53 – centro.