Início Pindamonhangaba Cia Controvérsias de Pindamonhangaba busca apoio para apresentação em Ponta Grossa (PR)

Cia Controvérsias de Pindamonhangaba busca apoio para apresentação em Ponta Grossa (PR)

(Foto: André Nascimento)

A Cia Teatral Controvérsias, de Pindamonhangaba, foi selecionada para participar do 47º FENATA (Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa – Paraná). O evento é promovido pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio de sua Pró–Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais e Divisão de Assuntos Culturais e Fundação de Apoio à UEPG. O trabalho que representará o município é “Estado de Sítio”, de Albert Camus.

Conforme a organização do festival, foram recebidas 159 inscrições de 13 estados, somente do estado de São Paulo o FENATA teve 62 e o trabalho de Pindamonhangaba se destacou.

Publicidade

A apresentação de “Estado de Sítio” ocorrerá nesta sexta-feira (25), às 20 horas, no teatro Ópera.

Para que a Cia Controvérsias possa ir ao FENATA o elenco está realizando ações de arrecadação de verba para custear o transporte, alimentação e a hospedagem do elenco.

Os interessados em contribuir podem fazer doações usando o link vaka.me/757746 ou fazer um depósito em nome da Associação Cultural Controvérsias, Banco do Brasil, agência 6536, conta 5790, dígito 8.

A Cia Controvérsias

Fundada no ano de 1997 tem realizado um sério trabalho de difusão artística. Traz em seu histórico mais de 200 prêmios recebidos em diversos festivais e mostras teatrais do país. São mais de 20 anos realizando espetáculos que encantam, emocionam, causam reflexões e divertem o público. Por inúmeras vezes representa o município, mostrando ao público das cidades por onde passa o fazer teatral pindense. Tem como diretor de suas produções Adbailson Cuba.

Espetáculos como: Num Meio Dia de Fim de Primavera, 6.3.5 A Cura da Peste, B em cadeira de rodas, Folia do Homem Diabo, Será o Benedito e Bumba meu boi fazem parte do repertório da renomada companhia, sendo o último citado considerado o melhor espetáculo do Estado de São Paulo no Mapa Cultural Paulista.