Início Variedades Mais de 28 mil presos do Estado de São Paulo foram inscritos...

Mais de 28 mil presos do Estado de São Paulo foram inscritos para o Encceja 2019

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Número de participantes superou o do ano passado em quase 20%

O número de presos custodiados pelo Estado de São Paulo inscritos neste ano no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) aumentou 18% em relação a 2018. Foram 28.146 participantes ante 24.035. Nesta modalidade, é possível conquistar a elevação de escolaridade, certificando o Ensino Fundamental ou Médio, dependendo do nível de ensino que o participante está inserido.

Em um recorte regional, o aumento no número de reeducandos inscritos na prova também foi de 18% no Vale do Paraíba em 2019, com o total de 1.480 internos em comparação aos 1.225 do ano passado. São detentos do Centro de Detenção Provisória “Dr. Félix Nobre de Campos”, o CDP de Taubaté; do Centro de Progressão Penitenciária “Dr. Edgard Magalhães Noronha”, o CPP de Tremembé; da Penitenciária “Dr. Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra”, a P1 de Tremembé; da Penitenciária “Dr. José Augusto César Salgado”, a P2 de Tremembé; da Penitenciária Feminina “Santa Maria Eufrásia Pelletier” 1 de Tremembé; da Penitenciária Feminina 2 de Tremembé; do Centro de Ressocialização Feminino de São José dos Campos; e do CDP “Dr. José Eduardo Mariz de Oliveira” de Caraguatatuba.

Publicidade

O Encceja PPL, direcionado a homens e mulheres privados de liberdade, é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em presídios e unidades socioeducativas de todo o Brasil. As provas normalmente são realizadas em dois turnos, tanto para o Ensino Fundamental, quanto para o Ensino Médio. As inscrições foram feitas pelos responsáveis pedagógicos de cada unidade prisional ou socioeducativa.

Já o exame ocorrerá em 8 e 9 de outubro. Será certificado o participante que atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e atingir o mínimo de cinco pontos na prova de redação. Os responsáveis pedagógicos também ficam com a missão de acessar os resultados e pleitear a certificação dos inscritos nas suas unidades específicas.

Encceja Nacional PPL – O Exame é destinado a pessoas submetidas a penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Cada unidade prisional e socioeducativa conta com um responsável pedagógico para representar os participantes na inscrição e certificação. Ele é o responsável pela inscrição e por repassar todas as informações necessárias aos participantes. É necessário que os interessados em fazer a inscrição Encceja PPL 2019 tenham idade mínima de 15 anos de idade (para obter certificado de Ensino Fundamental) ou de 18 anos (para garantir a certificação de Ensino Médio).