Início Pindamonhangaba Praça Monsenhor Marcondes recebe ações do Setembro Amarelo nesta quinta

Praça Monsenhor Marcondes recebe ações do Setembro Amarelo nesta quinta

O mês é dedicado as atividades de conscientização sobre a depressão

Nesta quinta-feira (5), a Secretaria de Saúde, por meio do Caps (Centro de Atenção Psicossocial), promove ações de conscientização sobre transtornos mentais, na Praça Monsenhor Marcondes. A intenção é fazer com que mais pessoas estejam abertas ao diálogo e criar redes de apoio, e contará com a presença do CVV (Centro de Valorização da Vida).

(Foto: Saulo Fernandes/Vale News)

Tendo em vista o mês de mobilização social acerca dos transtornos mentais, especialmente a depressão, a ação no centro de Pindamonhangaba contará com troca de informações, por meio de panfletagem. Além de orientações sobre onde buscar ajuda em caso de depressão, e até mesmo de seu agravante: o suicídio.

Publicidade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, A depressão é um transtorno comum em todo o mundo: estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram com ele. A condição é diferente das flutuações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana. Na pior das hipóteses, a depressão pode levar ao suicídio. Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano – sendo essa a segunda principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos.

O primeiro passo para combater a depressão é o diálogo, quem estiver passando por problemas como esse, pode procurar a unidade de saúde mais próxima. O Caps recebe pacientes com encaminhamento médico, outro meio de buscar ajuda é ligar 188 e conversar com um dos instrutores do CVV.

Encontro em prol da vida

Quando se fala em depressão e suicídio é preciso unir esforços, e nesta perspectiva, na próxima terça-feira (10), acontecerá um encontro com líderes religiosos (budista, espírita, católico, evangélico, umbanda, candomblé), além do psiquiatra da rede pública de saúde. O evento será aberto ao público, às 18 horas, no auditório do Senai.