Início Ubatuba Instituto Argonauta e Aquário de Ubatuba participaram do 43º Congresso da Associação...

Instituto Argonauta e Aquário de Ubatuba participaram do 43º Congresso da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil

Equipe Instituto Argonauta e Aquário de Ubatuba (Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

O Instituto Argonauta e Aquário de Ubatuba marcaram presença no 43º Congresso da AZAB, importante evento que tem por objetivo, promover o debate e reafirmar os zoológicos e aquários como importantes espaços de pesquisa e educação para a conservação e sustentabilidade.

As técnicas do Instituto Argonauta, que atuam no cuidado dos animais da Sabina – Escola Parque do Conhecimento, a bióloga Catherina Monteiro e a veterinária Franscinne Narita apresentaram os trabalhos “ Relato de caso de adoção de filhotes de pinguim-de-magalhães” e “o uso da homeopatia no tratamento de pododermatite em pinguins-de-magalhães” e o oceanólogo, gerente técnico da Terramare e assessor do Aquário de Ubatuba e do Instituto Argonauta para a gestão dos aquários da SABINA, Henrique Almeida, proferiu a palestra sobre “Gestão e bem-estar dos Aquários”.

Publicidade
Palestra de Henrique Almeida sobre bem estar em aquários (Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Representando o Aquário de Ubatuba, a veterinária Verônica Takatsuka, o biólogo Henrique Alves e a zootecnista Bruna Maganhe também estiveram no evento.
Verônica expos os relatos de caso “O sucesso do uso da homeopatia no tratamento de blefarite em pinguim – de – Magalhães “e “Tratamento de exoftalmia unilateral em peixe Anjo Rainha (Holacanthus ciliaris).

Ainda durante o congresso, o Diretor Presidente do Instituto Argonauta e Diretor executivo do Aquário de Ubatuba, Hugo Gallo foi conduzido, em assembleia, ao cargo de diretor de comunicação da AZAB.

Ano que vem, a 44ª edição do Congresso terá como sede o Aquário de Ubatuba.

Certificação de bem-estar animal dos zoológicos e aquários do Brasil

A Sabina – Escola Parque do Conhecimento, com sede em Santo André, representada no ato pelas técnicas do Instituto Argonauta, a bióloga Catherina Monteiro e a veterinária Franscinne Narita, recebeu durante o 43º Congresso da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil, o certificado de bem estar animal dos zoológico e aquários do Brasil. Certificação que o Aquário de Ubatuba também recebeu na 42ª edição, que aconteceu em Brasília.

O Instituto Argonauta possui um Convênio de Intercâmbio e Cooperação Técnica nas Áreas de Ciência e Educação com a Sabina, firmado em agosto de 2006, e que tem por objetivo garantir a adequada manutenção de espécies marinhas em um tanque oceânico e um tanque de observação, um pinguinário com pinguins-de-magalhães, um terrário com serpentes e uma quarentena para manejo e cuidados dos animais.

Sobre o Instituto Argonauta
O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos fundada em 1998 pela diretoria do Aquário de Ubatuba e atua em projetos de resgate e reabilitação da fauna marinha, educação ambiental e resíduos sólidos no ambiente marinho.

Sobre o Aquário de Ubatuba
É o primeiro aquário privado do Brasil aberto à visitação do pública e pioneiro no conceito de educação ambiental por meio do contato direto com animais. Destaca-se no país pelos projetos e realizações ao longo de 23 anos e foi o primeiro aquário a ter um tanque de águas-vivas e de contato no Brasil. A instituição, ainda, é premiada e reconhecida por iniciativas práticas de conservação e por ter sido a primeira em colocar em exercício iniciativas sustentáveis. Atende, gratuitamente, estudantes de escola pública da cidade mediante capacitação de professores.
O Aquário de Ubatuba funciona de domingo a quinta-feira, das 10h às 20h, Sexta, sábado, feriados e em temporada, das 10h às 22h.
Rua Guarani, 859, Itaguá, Ubatuba/SP. Telefone (12) 3834-1382.