Início São José dos Campos Ações de Saúde se Destacam em Momento de Busca para o Fim...

Ações de Saúde se Destacam em Momento de Busca para o Fim do Covid -19

Foto: Banco de Imagens/divulgação

– iniciativas por tratamento e cura movimentam o mercado –  

A busca por uma vacina contra o Covid – 19 movimenta o setor da saúde em todas as suas facetas: de pesquisa a valorização no mercado de ações.  Ativos que antes eram poucos “explorados”, mas que agora estão ligados a iniciativas para identificar, tratar ou conter o novo coronavírus chamam a atenção. Em destaques as empresas: farmacêutica, de telemedicina, de medicina diagnóstica e de pesquisa.   

Em São José dos Campos, o escritório da Plátano Investimentos – XP Investimentos, expert em mercado acionário, aponta o aumento na procura por esses ativos, nestes últimos meses, por clientes que estão em busca de diversificação da carteira.  

Publicidade

“Os assessores colhem diariamente informações de diversas casas de análises técnicas independentes que atualizam o cenário, identificam oportunidades e auxiliam nas operações dos investidores”, explicou Paulo Naressi, sócio da Plátano Investimentos. 

Alguns papéis se mostraram resilientes no mercado, como foram os casos da Raia Drogasil e Fleury, que tiveram um desempenho relativamente melhor. As ações da Rede Raia/Drogasil em 7 de maio estavam sendo negociadas na casa dos R$103,00 e, em 3 de agosto, já no patamar dos R$120,00. A Fleury negociava no patamar dos R$21 e em agosto, já na casa dos R$26,00. 

Outro exemplo é a Hermes Pardini, que atua na área de exames laboratoriais e consultas, e que tem realizado inovações no processo de atendimento aos pacientes e que chamou atenção dos principais analistas, que a classificaram como out perform (desempenho acima da média do mercado). Esta conquista se deu por conta da empresa realizar intensa pesquisa e um alto número de testes para detectar o covid-19, cujos resultados ajudaram a melhorar a eficiência na detecção do vírus, método esse que gerou receita expressiva e positiva para a companhia.  

O assessor de investimentos e economista da Plátano Investimentos, Gustavo Neves, explica essa reação.  

“Assim como as empresas dos setores do varejo, tecnologia e bancos, as empresas do setor de saúde começam a apresentar seus primeiros resultados pós – pandemia. Para o setor da saúde, segundo analistas, se projeta um futuro benéfico por conta do desenvolvimento de plataformas de prevenção de doenças, de plataformas de gestão de prontuários médicos eletrônicos para saúde primária e secundária, prevenção e gerenciamento em doenças crônicas”, disse Neves.   

O mercado acionário segue confiante, uma vez que os efeitos da pandemia começam a ter impactos negativos menores na economia e na política, e a esperança de uma vacina eficaz complementa este quadro positivo e esperançoso para este segundo semestre.  

A recuperação econômica de alguns países da Europa, que já passaram pelo efeito crítico da pandemia, também reacende a positividade de uma reação para os investimentos.  

Gustavo Neves, assim como outros especialistas em investimentos, acredita que o pior para o setor da saúde já passou. Se no começo da pandemia no Brasil o setor sofreu com quedas presenciais em consultas e exames laboratoriais, agora, com as práticas sanitárias e de protocolos o “ novo normal” vai adaptando as situações. – “Acreditamos que o setor de saúde está mais preparado e as pessoas estão mais familiarizadas com as práticas da telemedicina e consequentemente, os ativos de saúde acabam sendo uma ótima opção de investimento, por conta das inovações digitais e pelo maior controle de custos e despesas”, falou o assessor de investimentos da Plátano.  

Fonte: Plátano Investimentos: Av. Cassiano Ricardo, 319, sala 2106. Ed. Pátio das Américas. Jardim Aquarius. (12)3322-8916.