Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba conta com 22 pontos gratuitos de internet

Pindamonhangaba conta com 22 pontos gratuitos de internet

(Foto: divulgação/Prefeitura de Pindamonhangaba)

A Prefeitura de Pindamonhangaba, através do Departamento de TI da Secretaria de Administração, já está preparando a cidade para mais espaços públicos com pontos de sinais gratuitos para uso de internet (wi-fi), que serão utilizados pós pandemia, logo após a liberação de espaços públicos. Essa é mais uma ação com participação comunitária, sem custos para o tesouro municipal.

Recentemente a gestão municipal instalou 17 novas torres de transmissão, beneficiando milhares de famílias que passarão a ter acesso à internet gratuita. Os novos pontos instalados são: praça São Miguel (Araretama), quadra de esporte do Bem Viver (Araretama), praça da Bíblia (Santa Luzia), praça São João (Moreira César), praça Santa Rita de Cássia (Vale das Acácias), praça da Academia Melhor Idade (Res. Mantiqueira), praça Cícero Prado (Vila São Benedito), entorno do PSF (bairro Bonsucesso), Praça Dom Pedro (Santana), Bosque da Princesa, praça Cidade Nova, praça do Feital, dois pontos no bairro Ribeirão Grande (próximo ao bar do Edmundo) e na região central as praças Sete de Setembro, Barão Homem de Melo e Cruzeiro.

Publicidade
(Foto: divulgação/Prefeitura de Pindamonhangaba)

A ação faz parte do Programa Cidade Inteligente, que já tinha levado sinal de internet para cinco pontos de grande movimentação: Parque da Cidade, Praça Monsenhor Marcondes, Praça do Cisas, Praça Pastor José Ezequiel da Silva (Araretama) e área da feira livre (Praça da Liberdade).

“Com as torres de wi-fi vamos garantir conectividade para a população, que poderá usar para se comunicar com serviços públicos, com a polícia, SAMU, fazer compras on-line, ter acesso à informações, notícias, itens didáticos escolares, enfim, todos os serviços online existentes”, afirmou o secretário adjunto de Administração, Danilo Velloso.

O serviço é gratuito para a população e não possui custos à Prefeitura, pois se trata de uma doação ao município. O nome da rede é Pinda Livre e em breve haverá necessidade de cadastro para controle da privacidade, em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados.