Início Pindamonhangaba Pinda altera protocolo de atendimento para covid-19; Hospital Campanha será exclusivo para...

Pinda altera protocolo de atendimento para covid-19; Hospital Campanha será exclusivo para internações

(Foto: Saulo Fernandes/Vale News)

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba informou que está totalmente envolvida em busca das melhores opções de tratamento e prevenção para o covid-19, durante esta pandemia. Por isso, diariamente todas as situações que envolvem o covid-19 são vistas e revistas e, na próxima semana será mudado o protocolo de atendimento, ampliando o monitoramento dos pacientes positivados. 

O objetivo da mudança é prestar assistência precoce ao paciente positivo, incluindo exames diagnósticos que tenham capacidade de prever complicações. Além disso o novo protocolo prevê internação precoce de pacientes do grupo de risco e com indicativo de gravidade de sintomas. Assim, se houver agravamento dos sintomas, retorno ao gripário ou outros fatores que indiquem risco ao paciente, a internação hospitalar será recomendada pelo médico.

Publicidade

A secretária de Saúde da Prefeitura, Valéria dos Santos, informou ainda que o Hospital Campanha do Cidade Nova será voltado somente para atendimento do covid-19, sendo um dos locais especialmente organizado para receber as internações e, desta forma, não realizando os atendimentos rotineiros. “Essas atitudes são preventivas, para evitar que a complicação repentina de casos leve o paciente a óbito”, explicou, lembrando que todas as ações estão em consonância com as orientações do prefeito Isael Domingues, que é médico.

Além da mudança de protocolo, com o aumento da necessidade de internações, a Prefeitura está constantemente revendo o número de leitos da cidade. Há duas semanas, com a porcentagem de ocupação de enfermaria chegando a 88%, foi solicitado pela Secretaria de Saúde o aumento de mais 10 leitos de enfermaria pública na Santa Casa de Misericórdia e foram iniciadas as providências para aumentar a quantidade de leitos também no Cidade Nova. Assim, a partir de segunda-feira, o Hospital Campanha do Cidade Nova terá 20 leitos de enfermaria e 5 leitos preparados para emergência e cuidados mais intensivos.  
Por isso, a partir de agora os moradores da região leste que apresentarem sintomas do vírus não devem se dirigir para o Hospital de Campanha da Cidade Nova, pois o local funcionará com as portas fechadas para atendimento exclusivo dos pacientes encaminhados dos gripários do Pronto Socorro, UPA Moreira César e UPA Araretama.

“A pandemia do covid-19 exige ações muito dinâmicas de nossa secretaria, para um melhor acolhimento e tratamento dos pacientes. Continuo afirmando que nosso objetivo sempre é salvar vidas. E com essas medidas, acreditamos que poderemos tratar com maior grau de isolamento os pacientes com necessidade de prolongamento de permanência em enfermaria, além de manter os leitos nas outras unidades hospitalares para pacientes menos graves. Lembrando que todas as ações são tomadas de acordo com orientação do médico responsável”, explicou a secretária de Saúde. 

Atualmente, Pindamonhangaba conta com 27 leitos de UTI somente para covid-19, entre hospitais públicos e privados, e 51 leitos de enfermaria somente para covid-19, também somando públicos e particulares.