Início Pindamonhangaba Pinda confirma mais 12 casos de coronavírus; 545 amostras aguardam resultado no...

Pinda confirma mais 12 casos de coronavírus; 545 amostras aguardam resultado no IAL

A Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Pindamonhangaba divulgou, em seu boletim desta quinta-feira (30), 12 novos casos testados positivo para coronavírus. Contudo, ainda não é momento de comemoração pelo número mais baixo de casos, pois na data de hoje, o IAL (Instituto Adolfo Lutz), de São Paulo, não informou nenhum resultado de exame para a cidade.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, 545 amostras de Pindamonhangaba já foram enviadas ao IAL e estão aguardando resultado. Por isso, a Prefeitura já está tomando providências para disponibilizar outras alternativas para resultados de exames mais ágeis, e pede paciência para aqueles que ainda não receberam a ligação com seu resultado. Lembrando que os pacientes que estão com sintomas mais graves, aguardando internação e os profissionais da saúde seguem outro protocolo, por isso os resultados saem um pouco mais rapidamente. 

Publicidade

Os casos positivos são dos seguintes bairros: Araretama, Bela Vista, Jardim Cristina, Lessa, Maricá, Mombaça, Moreira César, Morumbi, Ribeirão Grande, Terra dos Ipês, Vila São Paulo e Vista Alegre. 

Além dos casos positivos, a cidade tem hoje 22 recuperados, dos seguintes bairros: Araretama, Cidade Jardim, Cidade Nova, Crispim, Jardim Regina, Jardim Roseli, Liberdade, Mombaça, Ouro Verde, Santa Luzia, Santana, Socorro, Terra dos Ipês, Vila São Paulo, Vila Verde e Vista Alegre. 

Com os números de hoje, Pinda chega a 829 pacientes testados positivos para coronavírus desde o início da pandemia na cidade.

Hoje, temos 61% de ocupação de leitos de enfermaria e 55% de ocupação de leitos de UTI, somando redes pública e particular. O índice de isolamento na cidade está caindo cada vez mais, estando em 42%, segundo o Sistema de Monitoramento Inteligente do Estado de São Paulo.

A Prefeitura reforça, mais uma vez, que a pandemia não terminou e a população precisa colaborar fazendo sua parte: evitando aglomerações, usando máscara, higienizando as mãos constantemente e, principalmente, ficando em casa. O melhor remédio para o coronavírus é a prevenção, por meio do distanciamento social.