Início Pindamonhangaba Artistas de Pinda homenageiam 315 anos da cidade com vídeo

Artistas de Pinda homenageiam 315 anos da cidade com vídeo

Reprodução/Prefeitura Pindamonhangaba

Para homenagear Pindamonhangaba e o seu povo pelos 315 anos da cidade, 16 músicos apaixonados por Pinda participaram de um projeto em que compuseram em conjunto uma música e gravaram um videoclipe.

O resultado pode ser conferido no facebook oficial Prefeitura de Pindamonhangaba a partir deste sábado (11), às 18 horas, e estará disponível também no Youtube Prefeitura de Pindamonhangaba, na playlist 315 anos.

Publicidade

O processo de construção da melodia e da letra foi feito individualmente, cada músico em sua casa, a partir de uma base proposta pela produção do vídeo. Criou-se uma ordem de composição e cada um ficou responsável por criar o seu trecho, tendo como base o que já havia sido eventualmente criado pelos colegas anteriores. Depois, com os trechos da letra e da melodia alinhados em sequência, enfim uma linda canção criada por 16 mãos. Daí, foi produzir um videoclipe que retrata a “simplicidade e a exuberância” do nosso povo e da nossa cidade.

A criação e direção são de Rafael Ronconi, edição e finalização de Kiko Nogueira, produção musical de Rafael Mudo, pesquisa de fotos de Luana Santiago Novaes.

Confira a letra da música e os artistas responsáveis por cada trecho:

Linda Pindamonhangaba

INTRODUÇÃO
BATERIA (Paulo Henrique TUCA)
SAXOFONE (Matheus Lopes)
TROMBONE (Maestro Marcos Souza)

Simplicidade e exuberância
Mística cidade, é toda abundância
De verde, de águas e também de colorido
Belo quadro vivo a nós todos concedido. (Marília Maia)

E o artista da cidade, de um jeito diferente
Vem poetizar
Vem cantar teu povo, sua história, sua gente (Emile Mourão)

Natureza, cachoeiras e montanhas
Terra abençoada pelos nossos ancestrais
Lugar sagrado de belezas naturais (Emílio Dias)

Misticidade, Terra bendita!
É cor açafrão o templo que abriga.
Diáfano perfume, purifica, filosofia (Rama Putra)

Nos tons azul e rosa com laranja ao fim da tarde
Que reflete a calma da nossa cidade (Vanessa Silva)

Resgatando nossas histórias
Nossa cultura, que passam por gerações
Em praças e coretos criamos as memórias de nossa Pinda (Lary Brandão)

REFRÃO
Linda! É Pindamonhangaba.
Linda! É Pindamonhangaba.

SOLO VIOLONCELLO (Daniele Voiola)

Somos milhares de mazzaropis. João do Pulo.
Aprendendo com o passado, construindo o futuro
Onde o velho se faz novo, nosso ciclo é renovável
Aqui é o norte “pra um mundo mais sustentável” (Di Preto)

De estação em estação, lindo pôr do sol
Pindamonhangaba fábrica de anzol
Pescando truta, escrevendo a liberdade
Salve aos Tupi criadores dessa cidade (Killa Bi)

Família e amizade
Enraizadas na cidade
A boemia e a arte
É princesinha do vale (Samuel Dias)

Terra do café, do Jongo e muito samba
Puri, preto, chapéu de palha:
Caipira bamba, do jeito que não desiste nunca!(João Vitor Fumaça)

Muitas casas, poucos prédios
Um lugar de sonhos mil
Quão sagradas são as águas desse rio (Prudente)

Mais um ano de história na memória do povo
É nóis de novo pra cantar
parabéns, pra você. (Nena da Viola)

REFRÃO 2X
Linda! É Pindamonhangaba.
Linda! É Pindamonhangaba.