Início Variedades Aplicativo ZOOM é um dos heróis em meio a Covid-19, bate recorde...

Aplicativo ZOOM é um dos heróis em meio a Covid-19, bate recorde de Usuários no Brasil

O Zoom é, atualmente, um dos aplicativos mais usados para videoconferências que há no mercado. Em geral, quem trabalha em casa conhece esse aplicativo, e já teve a oportunidade de testar as suas funcionalidades.

Com ele, você pode interagir, de forma virtual, com qualquer pessoa, como colegas de trabalho, por exemplo. É ideal para os dias de hoje, em que temos que ficar na quarentena. Dessa forma, o teletrabalho se torna algo bem mais humanizado.

Publicidade

Hoje em dia, o Zoom é uma ferramenta simplesmente essencial seja para os pequenos, médios ou grandes negócios. Pois ele contribui para que os trabalhos possam ser realizados, sem que haja interrupções e coisas do tipo.

Se você ainda não conhece, o Zoom consiste, basicamente, em um serviço para a realização de videoconferência em nuvem. Que permite que as pessoas se encontrem e se comuniquem virtualmente.

Devido à sua enorme praticidade e funcionalidade, o Zoom tem surpreendido, e aumentado o número de usuários de forma surpreendente, mesmo em meio à Covid-19.

Para saber mais sobre como tem sido o crescimento do Zoom nessa pandemia, continue lendo, pois daremos todas as informações.

O crescimento do Zoom em meio à Covid-19
Mesmo com a pandemia do novo Coronavírus, a Zoom tem apresentado um crescimento surpreendente. Nesse ano de 2020, o valor de mercado da empresa aumentou em 219,4%. Com isso, o seu lucro cresceu mais do que 1000%. E a receita também cresceu, aumentando em 169%.

São raras as empresas que obtiveram tanto benefício com a pandemia como a Zoom. A empresa bateu um recorde de usuários, passando de 10 milhões para nada menos que 300 milhões. Em 2020, o valor de mercado da empresa alcançou mais de US$ 60 bilhões.

A empresa, que foi criada no ano de 2011, sediada em São Francisco, acompanhou o crescimento das suas ações, e a forma com que elas dispararam com a crise da Covid-19. Isso se deu pelo fato de que várias reuniões corporativas tiveram que ser migradas para plataformas online, assim como aulas também.

Diferente de Startups em início como a Imoble, o Zoom começou pequeno, e conquistando mercados surpreendentes em poucos meses.

Dessa forma, a quantidade de usuários do Zoom cresceu de uma forma exponencial nos últimos meses, desde que houve o anúncio da pandemia.

Ampliação e serviços gratuitos
Da mesma forma que as demais empresas que trabalham com tecnologia, a Zoom também trabalha com serviços pagos e serviços gratuitos. No caso dos serviços gratuitos, os participantes contam com um limite de tempo pré-definido. Assim como com um limite de pessoas também. Diferente do que acontece com o serviço pago.

Com o agravamento da pandemia, a empresa abriu a sua versão de serviços paga também para aquelas áreas que foram mais atingidas pelo novo Coronavírus, como é ocaso de algumas regiões da China e da Itália, por exemplo.

Além disso, a empresa ainda anunciou que as escolas da Dinamarca, Áustria, Romênia, Irlanda, Estados Unidos, Polônia e França contarão com acesso livre.

Porém, no contrato da Zoom com o usuário, o mesmo deve permitir que a empresa tenha acesso aos seus dados, para a realização de anúncios. Porém, para muitos especialistas, isso é um risco muito grande que o usuário corre.