Início Pindamonhangaba Pacientes em isolamento domiciliar precisam tomar cuidados extras para evitar propagação do...

Pacientes em isolamento domiciliar precisam tomar cuidados extras para evitar propagação do vírus

REUTERS/Thomas Peter/Direitos Reservados

Devido ao aumento de número de casos positivos de coronavírus na cidade, e, felizmente, grande quantidade de pessoas com sintomas leves, muitos pacientes estão recebendo a orientação para dar continuidade ao seu tratamento realizando o isolamento domiciliar.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura orienta sobre a importância de esses pacientes se conscientizarem e cumprirem rigidamente o isolamento, para evitarem a transmissão do vírus a outras pessoas.

Publicidade

“A primeira orientação é que o paciente não saia de casa de maneira nenhuma dentro de 14 dias, a não ser que haja piora dos sintomas. Neste caso, é preciso procurar o Pronto-Socorro ou as UPAs, utilizando máscara e evitando o transporte público, para evitar aglomeração”, explicou a secretária adjunta de Saúde Mariana Freire. “Quando o paciente positivo para Covid está em isolamento domiciliar, significa que ele não pode socializar com os demais familiares, não pode sair para ir à farmácia nem mesmo ir a consultas que já estavam previamente agendadas; para estes casos, ele pode se informar pelo 0800-878 9629 e optar pela teleconsulta”, completou.

Cuidados na residência – Mesmo sem sintomas, o paciente em isolamento domiciliar deve ser instalado em um ambiente separado, com quarto individual e circular o mínimo possível em casa. As áreas comuns (cozinha e banheiro, por exemplo) devem estar sempre arejadas e com as janelas abertas.

O distanciamento de pelo menos um metro de outras pessoas é de grande importância para não transmitir o vírus e, mesmo assim, fazer uso da máscara – que deve ser trocada sempre que ficar molhada ou suja de secreções. Talheres, pratos, toalhas ou roupas de cama devem ser limpos com água e sabão ou detergente comum. Móveis e superfícies tocadas pelo paciente positivo devem ser limpas e desinfetadas com desinfetante doméstico comum.

Quando for necessário um cuidador, ele deve usar máscara cirúrgica e luvas durante a manipulação do paciente e quando compartilhar o mesmo ambiente e utensílios.
Lembrando que, após passar o período de isolamento domiciliar e o paciente testar negativo, ele não transmite mais o vírus, então pode retomar a sua vida normal.