Início São José dos Campos Pesquisa nacional inicia etapa de testes rápidos no domingo

Pesquisa nacional inicia etapa de testes rápidos no domingo

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A terceira e última etapa da pesquisa nacional para estimar a proporção de casos de infecção por coronavírus no Brasil começa neste domingo (21) e prossegue até terça-feira (23), com a meta de realizar 33.250 testes rápidos e entrevistas em 133 cidades de todos os estados do país.

São José dos Campos é um dos municípios escolhidos como participantes da pesquisa, que é coordenada pela Universidade Federal de Pelotas e financiada pelo Ministério da Saúde. Os pesquisadores do Ibope Inteligência vão às ruas para visitar residências e convidar 250 moradores a realizar testes rápidos para o coronavírus em cada uma das cidades incluídas na pesquisa.

Publicidade

“É fundamental que a população aceite participar da pesquisa. Em cada cidade, por exemplo, é preciso realizar pelo menos duzentos testes, para que possamos apresentar estimativas sobre a real dimensão da Covid-19. Além de contribuir com o esforço coletivo de enfrentamento da pandemia, o participante tem a oportunidade de realizar o exame e saber o resultado na hora”, diz a epidemiologista Mariângela Freitas da Silveira, integrante da coordenação do estudo.

O resultado irá auxiliar na criação de políticas públicas mais eficientes no combate à pandemia baseadas em critérios científicos sobre o comportamento do vírus. O Estudo de Prevalência da Infecção por Covid-19 no Brasil (EPICOVID19-BR) é o maior levantamento populacional do mundo a estimar a prevalência de Covid-19.  A primeira etapa foi realizada de 19 a 21 de maio e a segunda, de 4 a 5 de junho.

Como funciona a pesquisa

O estudo inclui a cidade mais populosa de cada uma das 133 sub-regiões definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para o território brasileiro. A seleção das residências e das pessoas que serão entrevistadas e testadas ocorre por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores censitários do IBGE como base.

Enquanto aguarda o resultado, o participante responde a perguntas sobre sintomas da Covid-19 nas últimas semanas, busca por assistência médica e rotina em relação às medidas de prevenção e isolamento social. Em caso de resultado positivo, os profissionais comunicam a Vigilância Epidemiológica local.

Informação sobre visitas

Os pesquisadores que realizam as visitas estão identificados por crachá do Ibope Inteligência e utilizam os equipamentos de proteção individuais (EPIs): máscaras, toucas, aventais, sapatilhas (todos descartáveis), óculos de proteção e luvas.

Todos os profissionais são testados e apenas aqueles que tiverem resultado negativo realizam as visitas domiciliares. O estudo tem aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa e cumpre todos os requisitos de segurança necessários, para proteger os pesquisadores e a população.

Em caso de dúvidas, os participantes podem entrar em contato para esclarecimentos sobre as visitas às casas pelos telefones 0800-800-5000, (11) 3335-8583, (11) 3335-8606; (11) 3335-8610, ou pelos e-mails [email protected][email protected].

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CURSO