Início Pindamonhangaba Observatório Social de Pinda faz ação para incentivar participação de empresas da...

Observatório Social de Pinda faz ação para incentivar participação de empresas da cidade em licitações

Um dos pilares do Observatório Social do Brasil é o incentivo à participação de empresas nas licitações do município. Em Pindamonhangaba o Observatório deu início a novas ações para que empresas da cidade participem das licitações e já conquistou resultados positivos logo na primeira ação, que aconteceu no dia 8 de junho.

Ao observar o site da Prefeitura de Pindamonhangaba, o Observatório percebeu a licitação para “aquisição de uniformes para a defesa civil”, o empresário e voluntário do Observatório Social de Pindamonhangaba, Douglas Louza, enviou à informação à empresária Adriana Silva Stribel, proprietária da Stribel Confecções ME. “Percebemos que muitas empresas da cidade não participam de licitações, porque não ficam sabendo da existência, da abertura dos editais para compras, ou porque não sabem como participar, e ou, porque a acham que Prefeitura não paga corretamente os fornecedores. Essa ação, visa incentivar as empresas a participarem das licitações, levando informação, ajudando a desmistificar eventuais dúvidas sobre a confiabilidade das licitações municipais”, explica Mara Bolson, presidente do Observatório Social de Pindamonhangaba.

Publicidade

A empresa de Pinda, não ganhou a licitação, mas, o fato de participar, fez com que a Prefeitura tivesse uma economia de R$6.562,75, pois as propostas iniciais foram: R$20.341,00, da Stribel Confecções e R$24.560, 50, da empresa Comercial Thialli Ltda EPP. O valor final ficou em R$18.212,07.

Para a empresária Adriana Silva Stribel, foi importante participar. “Claro que fiquei chateada por não vencer, mas, foi importante participar porque vi como funciona e agora quero participar outras vezes”, salientou. A empresária também destacou que só participou porque foi incentivada pelo Observatório Social. “Se não fosse o Douglas me convidar eu não ficaria sabendo”, comentou.

Para Douglas Louza, a ação foi bastante importante para mostrar a força da Entidade, na busca pela transparência das contas públicas. “Essa é uma de nossas funções, incentivar as empresas a participarem das licitações. Vale ressaltar que além de participar da licitação, a empresa de Pinda também conseguiu se cadastrar para venda emergencial, modalidade sem licitação”, salientou.
Oficinas sobre processos licitatórios
Em outubro de 2019, o Observatório Social de Pinda em parceria com o Sebrae, a ACIP e a Prefeitura, trouxe para Pinda uma palestra sobre processos licitatórios e o objetivo é realizar oficinas para as pequenas empresas do município aumentando assim a participação nos processos licitatórios da cidade. As oficinas deveriam começar em março, mas, em virtude da pandemia, as atividades foram suspensas. “A participação das empresas nas licitações é de extrema importância não apenas para as empresas, que podem gerar emprego e renda, como também para a economia nos processos, como aconteceu no exemplo acima, em que por conta da participação da empresa de Pinda, houve uma economia de 26,49% em relação ao valor estimado para a compra pelo munícipio”, concluiu a presidente.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CURSO